Jornal do Commercio
Show

Stefano Bollani apresenta seu piano à brasileira no RioMar domingo

No show do domingo (12), o músico pernambucano Amaro Freitas fará uma participação em três músicas com o italiano

Publicado em 10/08/2018, às 12h27

Os ingressos custam a partir de R$ 80 / Foto: Divulgação
Os ingressos custam a partir de R$ 80
Foto: Divulgação
Duda Lapenda

A música instrumental italiana, com requintes brasileiros, estará em evidência no Teatro RioMar no domingo (12), às 19h. Isso porque o pianista italiano Stefano Bollani vem lançar seu disco Que Bom (2018), primeiro pelo selo Alobar, e que conta com a participação de músicos brasileiros de peso, como Caetano Veloso (Michelangelo Antonioni) e João Bosco (Nação). O disco, que foi gravado no Rio de Janeiro, contando ainda com a presença de Jaques Morelenbaum e Hamilton de Holanda.

“Eu ouvi pela primeira vez música brasileira quando tinha 15 anos. E quando eu fui pela primeira vez para o Brasil, há 10 anos, eu descobri todas as músicas, o choro, o samba”, afirma Stefano. Suas parcerias se deram, principalmente, por admiração: com Hamilton, ele já havia tocado pela primeira vez na Itália, antes da gravação do CD. “Esse cara é um gênio total, poderia tocar harmônica, acordeom, poderia só falar e seria um gênio”, afirma sobre o bandolinista e compositor brasileiro.



No show de domingo Bollani fará parceria com o pianista pernambucano Amaro Freitas, tocando Footprints (Wayne Shorter), Nanã (Moacir Santos) e Certe Giornate al Mare (de Bollani). “Pra mim está sendo uma honra, eu cresci ouvindo Stefano. Acho que o conheci com os meus 17 anos, por aí. Estou muito feliz”, afirma Amaro.

Serviço

l Stefano Bollani apresenta Que Bom (2018). Domingo, às 19h, no Teatro RioMar (Av. República do Líbano, 251 - Pina). Ingressos: a partir de R$ 80, na bilheteria ou site do Teatro.





Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Segunda chance - Caminhos para ressocializar Segunda chance - Caminhos para ressocializar
Eles saem das prisões, mas as prisões não saem deles. Perseguem-nos até o final de suas vidas. Como uma condenação perpétua. Pena. Eles lamentam. Mas precisam seguir. E neste difícil caminho da ressocialização, o trabalho é uma espécie de absolvição.
Papai Noel o ano inteiro Papai Noel o ano inteiro
As luzes na cidade anunciam que o Natal já chegou. É nesta época do ano que o espírito natalino faz aflorar alguns dos sentimentos mais nobres. Agora iremos contar histórias de pessoas, organizações e empresas que fizeram da solidariedade missão de vida
Vida fit todo dia Vida fit todo dia
Apesar de a abertura do Verão no Brasil só acontecer em dezembro, no Nordeste há uma antecipação da data. Por esse motivo, que tal aproveitar esses meses de energia para cultivar bons hábitos e mudar o estilo de vida? Veja várias dicas de como se cuidar

    SIGA-NOS

    LICENCIAMENTO

  • Para solicitação de licenciamento, contactar editores@ne10.com.br

Jornal do Commercio 2019 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE |

PRIVACIDADE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM