Jornal do Commercio
TRIO ELÉTRICO

Bloco do Seu Antônio traz show de Gusttavo Lima e Saulo

Prévia da Zona Norte acontece no Poço da Panela com direito a trio elétrico

Publicado em 08/02/2019, às 11h33

O cantor Saulo é uma das atrações / Divulgação
O cantor Saulo é uma das atrações
Divulgação
JC Online

Uma das grandes prévias da Zona Norte do Recife, o Bloco do Seu Antônio realiza no sábado (9), a partir das 13h, o seu Carnaval com direito a trio elétrico na Arena Seu Antônio. No clima de micareta, o evento vai contar com Saulo, Gusttavo Lima e o DJ Ralk, além de uma atração surpresa.

A terceira edição do bloco vai do axé até o romantismo. O DJ Ralk toma conta dos sets de música eletrônica. Já Gusttavo Lima promete desfilar hits do sertanejo, com os sucessos que compõem o novo show O Embaixador.



Por fim, Saulo vai fazer o show do seu novo DVD, Sol, Lua, Sol, lançado em fevereiro, com faixas do seu terceiro disco, sucessos e inéditas. O axé do cantor baiano traz nessa fase outras influências musicais, como o samba-reggae, e temas como a passagem do tempo e dos astros.

SERVIÇOS

Além de trio, o Bloco do Seu Antônio traz praça de alimentação e também open bar. A Arena Seu Antônio fica na Rua dos Arcos, 31 A, Poço da Panela. Os ingressos custam R$ 400 (open bar).


Palavras-chave




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

JC 100 anos JC 100 anos
Para marcar os 100 anos de fundação, o JC publica este especial com um panorama do que se passou neste período em que o jornal retratou o mundo, com projeções de especialistas sobre o que vem por aí e com os bastidores da Redação do Jornal do Commercio
Sozinha nasce uma mãe Sozinha nasce uma mãe
Uma palavra se repete na vida dela: sozinha. Porque estava sozinha na gravidez. Sozinha na hora do parto. Sozinha nas primeiras noites de choro. Sozinha nos primeiros passos. Sozinha no registro civil. O JC conta histórias de luta das mães sozinhas
Segunda chance - Caminhos para ressocializar Segunda chance - Caminhos para ressocializar
Eles saem das prisões, mas as prisões não saem deles. Perseguem-nos até o final de suas vidas. Como uma condenação perpétua. Pena. Eles lamentam. Mas precisam seguir. E neste difícil caminho da ressocialização, o trabalho é uma espécie de absolvição.

    SIGA-NOS

    LICENCIAMENTO

  • Para solicitação de licenciamento, contactar editores@ne10.com.br

Jornal do Commercio 2019 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE |

PRIVACIDADE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM