Jornal do Commercio
Carnaval

Um Guaiamum Treloso para todos os gostos

Prévia em Aldeia do Guaiamum Treloso reuniu um público de 6 mil pessoas e atrações como Jaloo, Dada Bolão e MC Carol

Publicado em 10/02/2019, às 17h10

Jaloo era uma das atrações mais aguardadas da prévia / Marlon Diego/Especial para o JC
Jaloo era uma das atrações mais aguardadas da prévia
Marlon Diego/Especial para o JC
Armando Holanda

Um festival que começou tímido, mas que tomou grandes proporções. O Guaiamum Treloso Rural levou seis mil pessoas a sua prévia com um público e atrações bastante diversificados, na tarde do último sábado (9), na Fazenda Bem-Ti-vi, em Aldeia. Um dos destaques do início da tarde foi a banda curitibana Marrakesh, que se apresentou no Palco Devassa, por volta das 15h. Com um som um tanto tímido, o grupo começou a conquistar o público.

“O som deles é bem interessante. Eu não os conhecia, mas quando eles começaram a tocar e a cantar, comecei a me identificar com a qualidade e com as letras de uma forma que eu nem sei explicar. Eles são muito bons”, relatou o designer Francisco Lopes. Durante a apresentação do grupo, uma atração que chamou a atenção dos presentes foi a das “Fadas do Amanhecer”. As “fadas” entraram no show, se apresentaram ao som das músicas e “trouxe” o público para dentro da vibe do festejo.


Galeria de imagens

Legenda
Anteriores
Próximas

Outra atração que levantou a multidão ficou a cargo do Palco Naná Vasconcelos. Assim que entrou no palco, Jaloo cantou os seus maiores sucessos embalados pela energia do público que o acompanhou e pode vibrar junto ao artista. “Um dos artistas que eu mais coloquei expectativa para o Guaiamum foi ele [Jaloo], e ao acompanhar o show vi que valeu muito a pena. Ele tem uma energia incrível, sabe como levar a gente com ele”, destacou a professora Luana Mendes.



Durante a sua apresentação, Jaloo deu espaço para a MC Tha, que assim que entrou no palco levou os presentes à loucura ao som da música “Valente”. “É uma energia surreal. Ela está representando os pretos, de comunidade, que sabem o que quer e estão sempre na luta. Creio que a inserção de artistas como ela no line-up de convidados do evento foi um sucesso”, declarou o produtor cultural Marcelo Lima.

BREGA

A presença do cantor pernambucano Dadá Boladão no festival foi a prova de tem espaço para todos os ritmos. O artista subiu ao palco ao som de “De Ladin” e embalou a noite dos presentes sob forte presença do brega. “Com toda a certeza, ter colocado o Dadá Boladão no evento foi uma forma de mostrar o quão diversificada é a cultura do Brasil”, pontuou a estudante de artes plásticas, Larissa Lins.

O funk foi outro ritmo que marcou presença no palco do festival. O estilo musical foi representado pela carioca Carolina de Oliveira Lourenço, mais conhecida como MC Carol. A funkeira, dona de uma carreira polêmica, alcançou seu primeiro sucesso com a música "Bateu uma Onda Forte". Com um discurso feminista, a carioca levantou a energia e fechou a noite do festival com chave de ouro.





Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

JC 100 anos JC 100 anos
Para marcar os 100 anos de fundação, o JC publica este especial com um panorama do que se passou neste período em que o jornal retratou o mundo, com projeções de especialistas sobre o que vem por aí e com os bastidores da Redação do Jornal do Commercio
Sozinha nasce uma mãe Sozinha nasce uma mãe
Uma palavra se repete na vida dela: sozinha. Porque estava sozinha na gravidez. Sozinha na hora do parto. Sozinha nas primeiras noites de choro. Sozinha nos primeiros passos. Sozinha no registro civil. O JC conta histórias de luta das mães sozinhas
Segunda chance - Caminhos para ressocializar Segunda chance - Caminhos para ressocializar
Eles saem das prisões, mas as prisões não saem deles. Perseguem-nos até o final de suas vidas. Como uma condenação perpétua. Pena. Eles lamentam. Mas precisam seguir. E neste difícil caminho da ressocialização, o trabalho é uma espécie de absolvição.

    SIGA-NOS

    LICENCIAMENTO

  • Para solicitação de licenciamento, contactar editores@ne10.com.br

Jornal do Commercio 2019 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE |

PRIVACIDADE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM