Jornal do Commercio
Good Vibes

Melim volta a Recife para dois shows no Teatro RioMar

Trio carioca de irmãos se apresentam neste sábado (16) em duas sessões praticamente esgotadas

Publicado em 15/03/2019, às 21h32

Melim é formado pelos irmãos Diogo, Gabi e Rodrigo. / Foto: Divulgação
Melim é formado pelos irmãos Diogo, Gabi e Rodrigo.
Foto: Divulgação
Robson Gomes

O trio carioca Melim faz show duplo neste sábado (16) no Teatro RioMar no bairro do Pina, Zona Sul do Recife. Em duas sessões (19h e 22h) com ingressos esgotados, os irmãos Rodrigo, Diogo e Gabriela prometem tocar hits do primeiro álbum homônimo composto por 16 canções autorais, além de releituras de outros artistas.

Em entrevista ao Jornal do Commercio, os donos de sucessos como Meu Abrigo e Ouvi Dizer comemoram a tamanha sintonia do grupo com a capital pernambucana, além de adiantar detalhes sobre um videoclipe e um próximo álbum do grupo. Confira.

ENTREVISTA // MELIM

JORNAL DO COMMERCIO - A conexão de vocês com Recife é mais que intensa. A prova disso é vocês voltarem para a cidade com dois shows de sessões esgotadas. Conseguem explicar o tamanho da sintonia da banda com esta cidade?
GABRIELA - É maravilhoso demais o carinho que sempre recebemos em Recife, não conseguimos achar palavras para descrever esse amor. Queremos agradecer a cidade por sempre nos receber tão bem, aos nossos Melindos por lotarem os nossos shows, isso é importante demais para a gente, ficamos sempre muito felizes em Recife.

JC - Recentemente vocês lançaram no YouTube o projeto Audiovisual ao vivo. É aquele show que será mostrado aqui na cidade?
DIOGO - Lançamos nesta quinta-feira (14), inclusive, a segunda parte do nosso projeto audiovisual ao vivo e está lindo! São oito novos vídeos já disponível no nosso YouTube, dessa vez apresentamos as músicas: Apê, Avião de Papel, Maju, Meu Abrigo, Não Demora, Transmissão de Pensamento, Uma Lua e Viva o Amor. O show que apresentaremos em Recife é o do nosso CD Melim onde também realizamos algumas releituras de artistas que são inspirações para nós e que gostamos muito.



JC - Em pleno Carnaval deste ano, uma das músicas mais tocadas foi, sem dúvidas, Meu Abrigo. Vocês perceberam no momento de compor e/ou de gravar que está canção tinha, de fato, algo especial?
RODRIGO - A evolução de Meu Abrigo foi sonho para nós, ela sempre foi um xodó nosso, mas assim que lançamos o álbum, ela começou a tocar no Brasil todo de uma forma que a gente não esperava, foi uma surpresa muito linda. A cada vez que uma musica nossa toca na rádio, ou estamos na TV, quando recebemos mensagens de carinho pelas redes sociais, é sempre especial, nos sentimos realizados com o carinho que recebemos.

JC - Com um álbum inteiro consolidado, na boca do povo, já conseguem pensar num próximo álbum? Ele já está a caminho?
RODRIGO - Estamos sempre compondo músicas novas na estrada, são muitos shows, mas sempre arrumamos um tempo nos hotéis, não conseguimos prometer um álbum novo por agora, mas nesse ano vamos lançar o clipe da música Dois Corações, novos feats com outros artistas e também vamos lançar uma nova turnê a Melim Tour 2019 em breve, para continuar levando nosso som aos fãs que ainda não tiveram oportunidade de presenciar o nosso show.

JC - Qual música deste primeiro disco fala mais com cada um de vocês três e porquê?
DIOGO - Não é nenhum um pouco fácil selecionar músicas do nosso primeiro disco, a maioria foi composta por nós três, então temos uma paixão muito grande por todas elas, tanto é que no inicio tínhamos defino que seriam 10 faixas no total, mas somos tão apegados a todas que escolhemos incluir 16 mesmo.
GABI - Muito difícil escolher, mas acho que o xodó do momento é Meu Abrigo e Ouvi Dizer.
RODRIGO - Amamos todas as músicas, mas no momento Ouvir Dizer, Dois Corações e Não Demora são as minhas preferidas do disco.

JC - Ano passado o público viu a parceria de vocês com a Sandy em Eu Pra Você. Vocês gostaram do resultado final?
DIOGO - Muito! A gente adora fazer parcerias, e topamos de primeira quando rolou o convite, a Sandy é uma artista que admiramos muito, o convite surgiu de maneira natural assim como foi a gravação, adoramos fazer essa parceria, aprendemos bastante com uma artista como a Sandy, foi tudo muito incrível.





Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Sozinhas nasce uma mãe Sozinhas nasce uma mãe
Uma palavra se repete na vida dela: sozinha. Porque estava sozinha na gravidez. Sozinha na hora do parto. Sozinha nas primeiras noites de choro. Sozinha nos primeiros passos. Sozinha no registro civil. O JC conta histórias de luta das mães sozinhas
Segunda chance - Caminhos para ressocializar Segunda chance - Caminhos para ressocializar
Eles saem das prisões, mas as prisões não saem deles. Perseguem-nos até o final de suas vidas. Como uma condenação perpétua. Pena. Eles lamentam. Mas precisam seguir. E neste difícil caminho da ressocialização, o trabalho é uma espécie de absolvição.
Papai Noel o ano inteiro Papai Noel o ano inteiro
As luzes na cidade anunciam que o Natal já chegou. É nesta época do ano que o espírito natalino faz aflorar alguns dos sentimentos mais nobres. Agora iremos contar histórias de pessoas, organizações e empresas que fizeram da solidariedade missão de vida

    SIGA-NOS

    LICENCIAMENTO

  • Para solicitação de licenciamento, contactar editores@ne10.com.br

Jornal do Commercio 2019 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE |

PRIVACIDADE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM