Jornal do Commercio
Notícia
Polêmica

Paula Fernandes rebate críticos de 'Juntos e Shallow Now'

Cantora explicou os motivos do verso que gerou memes nas redes sociais

Publicado em 23/05/2019, às 19h34

Paula Fernandes teve autorização direta de Lady Gaga para fazer a versão em português de 'Shallow'. / Foto: Instagram/@paulafernandes/Reprodução
Paula Fernandes teve autorização direta de Lady Gaga para fazer a versão em português de 'Shallow'.
Foto: Instagram/@paulafernandes/Reprodução
Estadão Conteúdo

O trecho "Juntos e Shallow Now", cantado por Paula Fernandes e Luan Santana, virou alvo de críticas e memes nas redes sociais. Parte das reclamações veio da falta de sentido do verso, que, em tradução literal, significa "juntos e raso agora". Mas os comentários negativos não abalaram os cantores.

"Foi um pedaço que optamos por manter. E é um tributo. Eu queria acompanhar a linha melódica que ela fez. Se eu fosse cantar em português, este 'now' seria 'agora'. O brasileiro canta isso intuitivamente... ninguém cantaria 'shallow agora'", disse Paula Fernandes em entrevista ao G1. "Se não gostou, não entre no meu perfil", completou.



A sertaneja destacou também que muitas pessoas não entendem inglês e que música é difundida pelo sentimento que passa, e não, necessariamente, pelo conteúdo. "Ela pode emocionar de várias formas. Muitas vezes, quando você traduz, vê que a letra não tem nada a ver. Mas a música é mais que isso. É como o cheiro, uma coisa mais profunda, que remete a lembranças e sensações", explicou.

Paula Fernandes afirmou ainda que cantou como fã de Lady Gaga, e a adaptação de Shallow não foi feita para ser comparada com a original. No último domingo (19), ela disse que já riu muito dos memes e das brincadeiras.

Veja abaixo:

Ver essa foto no Instagram

Uma publicação compartilhada por Paula Fernandes (@paulafernandes) em





Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Copa América no Brasil Copa América no Brasil
Confira a relação da Copa América com o Brasil, o histórico e detalhes da edição deste ano, na qual a seleção terá que se virar sem Neymar, cortado do torneio. Catar e Japão participam como convidados
O nome dele era Gabriel Diniz O nome dele era Gabriel Diniz
José Gabriel de Souza Diniz, o Gabriel Diniz, ou simplesmente GD como os fãs o chamavam, morreu precocemente, aos 28 anos, em um acidente com um pequeno avião no litoral sul de Sergipe ocorrido na segunda-feira, 27 de maio de 2019.
Conheça o udigrudi pernambucano Conheça o udigrudi pernambucano
O udigrudi pernambucano reuniu um grupo de talentosos jovens músicos que, na primeira metade dos anos 70, gravou discos absolutamente não comerciais, fez rock and roll na terra do frevo, produziu festivais, insistiram na permanência do sonho.

    SIGA-NOS

    LICENCIAMENTO

  • Para solicitação de licenciamento, contactar editores@ne10.com.br

Jornal do Commercio 2019 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE |

PRIVACIDADE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM