Jornal do Commercio
Notícia
VALORES

Cachê do cantor de 'Caneta Azul' mais que dobra e chega a 20 mil reais

Apesar do aumento nos valores para contratação, a agenda de shows de Manoel Gomes permanece cheia

Publicado em 16/11/2019, às 10h06

Assim que começou a viralizar nas redes, o agricultor do interior do Maranhão cobrava cerca de 8 mil reais para se apresentar / Foto: Reprodução
Assim que começou a viralizar nas redes, o agricultor do interior do Maranhão cobrava cerca de 8 mil reais para se apresentar
Foto: Reprodução
JC Online
Com informações do Uol

O cachê do agricultor Manoel Gomes, compositor dos versos de 'Caneta Azul', mais que dobrou em um mês. Segundo o colunista do Uol, Leo Dias, graças ao estrondoso sucesso de 'Caneta Azul', hit que já foi cantado por Wesley Safadão, Neymar e até Rodrigo Faro, o novo cantor e compositor faz shows por todo o país a um cachê de até 20 mil reais.

Assim que começou a viralizar nas redes, o agricultor do interior do Maranhão cobrava cerca de 8 mil reais para se apresentar, mas toda a repercussão e a quantidade de pedidos de shows fez o cachê aumentar, fazendo os valores girarem entre 15 e 20 mil.



De acordo com Leo Dias, a previsão é de que os cachês subam ainda mais, porque está prevista uma participação do 'Caneta Azul' em uma ação publicitária da Mega-Sena da Virada, em rede nacional, nas próximas semanas.

Agenda

Apesar do aumento nos valores para contratação, a agenda de shows de Manoel Gomes permanece cheia. Datas disponíveis, somente a partir de janeiro de 2020, pois o criador de 'Caneta Azul' tem shows marcados até o fim deste ano.




Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.

OFERTAS

Especiais JC

Reencontros Reencontros
A menina que salvou os livros numa enchente, o garoto que venceu a raiva humana, o médico que superou a pobreza, os albinos de Olinda e o goleiro de uma só perna foram personagens do projeto Reencontros, publicado em todas as plataformas do SJCC
Especial Nova Rotação Especial Nova Rotação
As cidades estão entrando em colapso. Refletem o resultado da mobilidade urbana convencional, um mal incorporado à sociedade e de difícil enfrentamento.Mas o momento de inverter essa lógica é agora. Criar uma nova rotação para as cidades, para as pessoas
JC Recall de Marcas 2019 JC Recall de Marcas 2019
Pitú e Vitarella são as marcas mais lembradas pelo consumidor pernambucano, de acordo com a edição 2019 do Prêmio JC Recall de Marcas. O ranking foi feito a partir de levantamento do Harrop Pesquisa para o Jornal do Commercio.

    SIGA-NOS

    LICENCIAMENTO

  • Para solicitação de licenciamento, contactar editores@ne10.com.br

Jornal do Commercio 2019 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE |

PRIVACIDADE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM