Jornal do Commercio
Notícia
música

Morre aos 61 anos Marie Fredriksson, vocalista do Roxette

Ela lutava contra um câncer há 17 anos

Publicado em 10/12/2019, às 09h24

A banda fez show no Recife em 2012 e emocionou o público / Foto: Arquivo/JC Imagem
A banda fez show no Recife em 2012 e emocionou o público
Foto: Arquivo/JC Imagem
JC Online

Morreu nessa segunda-feira (09), aos 61 anos, a vocalista do grupo sueco Roxette, Marie Fredriksson. Ela lutava contra um câncer no cérebro há 17 anos. A banda emitiu comunicado nas redes sociais nesta terça-feira (10) anunciando "com grande pesar a morte de Marie, após uma longa batalha contra o câncer".

Fazendo dupla com Per Gessle (vocal, guitarra), a banda sueca vendeu mais de 80 milhões de cópias e fez bastante sucesso nas décadas de 1980 e 1990.



Leia mais >> Roxette, de Marie Fredriksson, tocou Vassourinhas no Recife; relembre

Leia mais >> Relembre os principais sucessos de Marie Fredriksson na banda Roxette

Leia mais >> Marie Fredriksson marcou o pop durante duas décadas

Batalha contra o câncer

Em 2002, Marie foi diagnosticada com um grave tumor cerebral, recebendo um tratamento agressivo que teve seu preço, mas acabou sendo bem-sucedido. Em 2009 ela conseguiu iniciar um retorno gradual aos palcos ao redor do mundo.

A volta do Roxette resultou em vários novos álbuns e turnês que novamente colocaram a dupla na frente de grandes plateias novamente. A banda fez show no Recife em 2012 e emocionou o público desfilando sucessos como Sleeping in my car, Spending my time, Dressed for success, Stars, It must have been love e Listen to your heart. Per Gessle emendou um solo do famoso frevo 'Vassourinhas' e levou a plateia ao delírio.

Mas em 2016 os médicos de Marie a aconselharam a parar de fazer turnês e se concentrar em sua saúde.


Galeria de imagens

Legenda
Anteriores
Próximas

Veja o comunicado da banda




Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.

OFERTAS

Especiais JC

Irmã Dulce e as lições que se multiplicam Irmã Dulce e as lições que se multiplicam
A Santa Dulce dos Pobres deixou um legado enorme por todo o país, e não poderia ser diferente em Pernambuco. Veja exemplos de quem segue o "anjo bom da Bahia"
Jackson era grande demais para um pandeiro Jackson era grande demais para um pandeiro
Em pouco tempo, Jackson do Pandeiro deixou claro que não se tratava apenas de uma voz a mais no cenário artístico pernambucano. Confira especial sobre o artista
Especial Novo Clima Especial Novo Clima
O inverno não é mais o mesmo. E nem o verão. Os efeitos da crise climática alteraram a rotina de milhares de cidadãos das grandes cidades. O JC traz reportagens especiais desvendando o "novo clima"

    SIGA-NOS

    LICENCIAMENTO

  • Para solicitação de licenciamento, contactar editores@ne10.com.br

Jornal do Commercio 2020 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE |

PRIVACIDADE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM