Jornal do Commercio
PRESSÃO

Fernanda Lima relembra trabalho de atriz: 'Chegava em casa deprimida'

Apresentadora foi muito criticada por seu papel na novela 'Bang Bang', em 2005

Publicado em 09/05/2017, às 11h07

Fernanda Lima em 'Bang Bang', da Globo, em 2005 / Foto: Kiko Cabral/ Divulgação
Fernanda Lima em 'Bang Bang', da Globo, em 2005
Foto: Kiko Cabral/ Divulgação
JC Online

Em entrevista ao jornal Valor Econômico, Fernanda Lima relembrou a experiência como atriz na novela Bang Bang, de 2005. A atração foi bastante criticada, bem como sua atuação.



Fernanda não considera que tenha sido um fracasso total, mas um desafio que ao qual não correspondeu à altura.

DEPRESSÃO

"Atriz? Eu nem me considero uma", afirmou a apresentadora do Amor e Sexo. "Eu nunca tinha estudado para ser atriz, não tinha sequer envolvimento com o ofício, mas a direção da Globo me chamou e fui ver no que dava. Não tinha técnica nenhuma, sofri muito, me entreguei de corpo e alma, mas as coisas não andavam. Chegava em casa deprimida. Não faço mais", revelou.


Palavras-chave


Comentários

Por beto,09/05/2017

Mulher insuportável. Acha que é moderna com aquela baboseira da Globo.



Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Segunda chance - Caminhos para ressocializar Segunda chance - Caminhos para ressocializar
Eles saem das prisões, mas as prisões não saem deles. Perseguem-nos até o final de suas vidas. Como uma condenação perpétua. Pena. Eles lamentam. Mas precisam seguir. E neste difícil caminho da ressocialização, o trabalho é uma espécie de absolvição.
Papai Noel o ano inteiro Papai Noel o ano inteiro
As luzes na cidade anunciam que o Natal já chegou. É nesta época do ano que o espírito natalino faz aflorar alguns dos sentimentos mais nobres. Agora iremos contar histórias de pessoas, organizações e empresas que fizeram da solidariedade missão de vida
Vida fit todo dia Vida fit todo dia
Apesar de a abertura do Verão no Brasil só acontecer em dezembro, no Nordeste há uma antecipação da data. Por esse motivo, que tal aproveitar esses meses de energia para cultivar bons hábitos e mudar o estilo de vida? Veja várias dicas de como se cuidar

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2019 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM