Jornal do Commercio
Interativo

Teatro Santa Isabel recebe o projeto 'Teatrando', com peça e debates

Na primeira etapa, chamada de Proscenium!, é proposto uma espécie de jogo no qual o visitante explora partes pouco conhecidas

Publicado em 13/03/2018, às 19h04

Espetáculo interativo convida o público a explorar o Teatro Santa Isabel / Guga Matos/ JC Imagem
Espetáculo interativo convida o público a explorar o Teatro Santa Isabel
Guga Matos/ JC Imagem
Márcio Bastos

Símbolo da cultura do Recife, o Teatro Santa Isabel ocupa lugar cativo no imaginário dos habitantes da cidade, mas sua história é desconhecida pela maioria deles. Muitos, aliás, nunca entraram nele. Como uma forma de reverter esse quadro e incentivar a valorização do equipamento cultural, a Prefeitura do Recife lançou, terça-feira (13), o projeto Teatrando!, que além de apresentações teatrais, contará com debates, oficinas e saraus.

A iniciativa da Prefeitura do Recife, que conta com patrocínio do Santander e programação executada pelo Instituto de Desenvolvimento e Gestão (IDG), levará às terça-feiras, durante cinco meses, escolas públicas e privadas para conhecer o centenário teatro com uma proposta educativa e lúdica. Na primeira etapa, chamada de Proscenium!, é proposto uma espécie de jogo no qual o visitante explora partes pouco conhecidas do Teatro Santa Isabel, inclusive os espaços externos. A obra é encenada toda terça-feira, às 15h, e é preciso se inscrever no site do teatro.

No espetáculo interativo, que tem direção de Quiercles Santana, o público tem a oportunidade de conhecer melhor a história do teatro, tendo como um dos pontos de partida o incêndio, ocorrido em setembro de 1869, que destruiu quase completamente o equipamento. Os “fantasmas” que habitam a edificação provocam o público a refletir sobre a importância da casa de espetáculos para a cidade, não só como um patrimônio arquitetônico, mas também como promotor da cultura.

“Nossa intenção é tocar nos pilares da educação e da cultura, formando plateia e também fortalecendo o reconhecimento do patrimônio, ressaltando a importância deste que é um dos teatros mais antigos do país”, afirmou Carlos Trevi, coordenador do Santander Cultural.



Para Leda Alves, secretária de Cultura do Recife, que já foi gestora do Teatro Santa Isabel, a iniciativa é uma boa notícia em um momento no qual a cultura tem sofrido com a falta de verbas.

“Perceber esse investimento em um momento em que dinheiro é uma palavra que só dá dor de cabeça para os gestores de cultura, é muito gratificante. O que espero, no futuro, é que essa parceria possa gerar outros frutos, como a reestruturação completa do teatro, além do reequipamento, com melhorias no sistema de refrigeração e de todas as dependências. Ver isto realizado seria a coroação da minha vida profissional”, pontuou.

ATIVIDADES

Além do espetáculo–jogo, o projeto contempla ainda uma série de atividades, como os Diálogos, encontros com convidados, toda última terça-feira do mês, às 19h, que visam incitar questionamentos sobre arte, cultura, ética, política e direitos humanos. Os saraus ocorrem a cada quinze dias, também às terças.
As oficinas, ainda sem datas confirmadas, serão voltadas para teatro, dança e mediação cultural, com instrutores locais e nacionais.


Palavras-chave

Recomendados para você




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Cantos e Recantos Cantos e Recantos
A temporada de sol está nos espreitando, e a Praia de Boa Viagem é sempre uma opção de passeio. Mas que tal ousar um pouquinho na quilometragem e desbravar outros destinos? Pernambuco tem muitos lugares fantásticos e você vai adorar o roteiro que o JC fe
As Paixões de José Pimentel, o eterno Jesus As Paixões de José Pimentel, o eterno Jesus
O JC preparou um hotsite especial em homenagem ao ator e diretor Jose Pimentel, o eterno Jesus Cristo do teatro pernambucano
Nordeste Renovável Nordeste Renovável
Com a força dos ventos e a incidência solar, o Nordeste desponta como oásis. Não só para o turismo, nem apenas no Litoral. Na geração de energia sustentável está a nova fonte de riqueza da Região, principalmente no interior

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2018 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM