Jornal do Commercio
Resposta

Insultado por De Niro, Trump responde ao ator de 'baixo QI'

'Recebeu muitos golpes na cabeça de boxeadores verdadeiros nos filmes', afirmou Trump ao falar de De Niro, fazendo referência ao filme 'Touro Indomável'

Publicado em 13/06/2018, às 08h11

Trump e Robert De Niro trocam ofensas / Foto: AFP/Reprodução
Trump e Robert De Niro trocam ofensas
Foto: AFP/Reprodução
AFP

Insultado pela estrela de Hollywood Robert de Niro, o presidente americano, Donald Trump, respondeu nesta terça-feira (12) criticando sua inteligência e sugerindo que ficou "abestalhado" pelos golpes de boxe que recebeu durante as filmagens de "Touro indomável" (1980).

"Robert De Niro, um indivíduo de muito baixo quociente de inteligência, recebeu muitos golpes na cabeça de boxeadores verdadeiros nos filmes", tuitou Trump, que volta de Singapura, onde realizou uma histórica reunião com o líder norte-coreano, Kim Jong Un.

O presidente fazia referência a "Touro indomável", filme sobre o boxeador Jack LaMotta dirigido por Martin Scorsese, pelo qual De Niro venceu o Oscar de melhor ator.

"Realmente acho que está abestalhado", acrescentou Trump, de 71 anos. "Suponho que não se dê conta de que a economia está em seu melhor momento com o emprego em um pico histórico, e muitas empresas estão voltando ao nosso país. Acorde, tonto!".



Aplaudido

No domingo à noite, De Niro, de 74 anos, foi ovacionado de pé no Radio City Music Hall de Nova York após insultar Trump, quando apresentava o músico Bruce Springsteen na cerimônia de entrega dos prêmios Tony.

"Vou dizer uma coisa: 'fuck' Trump!" - declarou De Niro, erguendo os punhos.

E na segunda-feira pediu desculpas aos canadenses pela conduta de seu presidente durante a recente cúpula do G7, no Canadá, que terminou em um fiasco e na qual Trump disse que o primeiro-ministro Justin Trudeau era "submisso" e "desonesto".

"Quero pedir desculpas pelo comportamento idiota do meu presidente", disse De Niro em Toronto na inauguração de seu restaurante Nobu.

"É uma desgraça. E peço desculpas a Justin Trudeau e às outras pessoas no G7. É repugnante".

O ator vencedor do Oscar já havia demonstrado a sua insatisfação com Trump em outras ocasiões.

Em 2016, quando o magnata imobiliário era candidato à presidência, De Niro o chamou de "notoriamente estúpido", "totalmente louco" e um "idiota".

Em resposta a uma declaração de Trump sobre manifestantes contra ele, De Niro afirmou: "Querem lhe dar um soco na cara? Eu quero lhe dar um soco na cara!".





Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

BRT: E agora? BRT: E agora?
Ele está ferido, sofrido. Esquecido. E sem perspectivas de melhoria. Tem sobrevivido como é possível e, apenas pontualmente, esboça reações positivas. O sistema BRT, Bus Rapid Transit, tem sofrido de inanição em todo o País. E poderá se perder.
Especial educação Especial educação
E se você descobrisse que o futuro ligado às tendências que irão norteá-lo já chegou? O mundo hoje é um mar de oportunidades, para conhecimento, informação e inovação. Cada vez mais o profissional precisa evoluir. Por isso veja o caminho a seguir
A revolução da ciclomobilidade: o exemplo de Fortaleza A revolução da ciclomobilidade: o exemplo de Fortaleza
A capital cearense, diferentemente da pernambucana – embora nordestina também – deu um salto na infraestrutura viária voltada para as bicicletas. A cidade está repleta de ciclofaixas. Por toda parte. E a grande maioria conectada

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2018 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM