Jornal do Commercio
SERTANEJO

Eduardo Costa critica comoção após morte de cachorro: Que comece o mimimi

Cantor recebeu muitas críticas após publicar uma montagem com críticas à repercussão do caso

Publicado em 06/12/2018, às 15h38

Eduardo Costa / Reprodução do Instagram
Eduardo Costa
Reprodução do Instagram
JC Online

O cantor Eduardo Costa se tornou parte do grupo de celebridades que tem comentado nas redes sociais sobre a morte de um cachorro em uma unidade do supermercado Carrefour em Osasco, Região Metropolitana de São Paulo. O animal foi envenenado e morto a pauladas por seguranças do estabelecimento. Enquanto outras pessoas falaram sobre a brutalidade do caso, o sertanejo falou sobre a repercussão do caso. 

Eduardo Costa publicou uma mensagem na qual se vê um personagem de olhos fechados ao lado da frase: "60 mil homicídios por ano no Brasil". O mesmo personagem aparece de olhos abertos ao lado da frase: "Segurança matou um cachorro a pauladas".

Comentários

Após muita repercussão, o post saiu da timeline do cantor. "Apagou o post porquê? Se colocou, agora dê a sua cara a tapa. Não era só um cachorro. Era uma Vida. Uma crueldade e não importa quem foi", questionou uma usuária.



Eduardo Costa compartilhou, então, uma montagem atribuída ao perfil O Retrógrado. "É como eu penso e vou continuar pensando". Novamente, muitas pessoas comentaram. Alguns concordaram, outros criticaram a comparação. "O animal é indefeso, por isso nós nos revoltamos, e quem matou a senhorinha já está pagando pelo crime", afirmou uma pessoa.

"Ambos são crimes terríveis e merecem uma punição rígida aos assassinos", escreveu outra.

Pouco depois, Eduardo Costa fez um vídeo ao vivo em seu perfil para falar sobre o caso. O cantor diz que "um cara que mata animal tem que apanhar mesmo" e mostra seus animais de estimação.

Visualizar esta foto no Instagram.

É como eu penso e vou continuar pensando.

Uma publicação compartilhada por Eduardo Costa (@eduardocosta) em



OFERTAS

Especiais JC

Conheça o udigrudi pernambucano Conheça o udigrudi pernambucano
O udigrudi pernambucano reuniu um grupo de talentosos jovens músicos que, na primeira metade dos anos 70, gravou discos absolutamente não comerciais, fez rock and roll na terra do frevo, produziu festivais, insistiram na permanência do sonho.
Mãe Guerreira Mãe Guerreira
Junto com uma criança, nasce sempre uma mãe, que enfrenta inúmeros desafios para educar, acolher e dar o melhor aos filhos. Por isso, todas elas carregam em si a força e a coragem de verdadeiras guerreiras.
JC 100 anos JC 100 anos
Para marcar os 100 anos de fundação, o JC publica este especial com um panorama do que se passou neste período em que o jornal retratou o mundo, com projeções de especialistas sobre o que vem por aí e com os bastidores da Redação do Jornal do Commercio

    SIGA-NOS

    LICENCIAMENTO

  • Para solicitação de licenciamento, contactar editores@ne10.com.br

Jornal do Commercio 2019 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE |

PRIVACIDADE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM