Jornal do Commercio
Notícia
Bastidores

Lázaro Ramos recusa convite para desfilar como Jesus no Carnaval

Ator recebeu a proposta há cerca de uma semana pela escola de samba Mangueira

Publicado em 14/01/2020, às 20h35

Lázaro Ramos declinou do convite da Mangueira. / Foto: Paulo Belote/TV Globo
Lázaro Ramos declinou do convite da Mangueira.
Foto: Paulo Belote/TV Globo
Estadão Conteúdo

O ator Lázaro Ramos usou seu Instagram na noite desta terça-feira (14), para falar sobre o convite que recebeu para representar Jesus Cristo no desfile da Mangueira no carnaval do Rio de Janeiro em 2020.

O ator recebeu o convite há cerca de uma semana, e se encontrou com o carnavalesco Leandro Vieira. "Escutei da rainha maior Alcione um samba cantado ao telefone e me arrepiei", conta.

"Ao me pensar como um dos Jesus, imediatamente comecei a refletir sobre qual o sentido da mensagem de Cristo para mim e, inevitavelmente, o amor vinha como protagonista. [...] Pensar na possibilidade do mensageiro do amor vir na forma múltipla ganhou um sentido para mim", continuou Lázaro Ramos.



O ator ainda falou sobre as reações após as primeiras notícias de que tinha sido convidado pela Mangueira: "Pedidos na internet para que eu aceitasse, parabenização de amigos, família excitada e alguns poucos questionando. Foi uma onda de amor gigante".

Porém, Lázaro Ramos afirmou que não poderá estar presente: "A vida do artista é trabalhar em momentos em que a maioria das pessoas estão se divertindo. E esse é o meu trabalho, estarei trabalhando enquanto o público estará em folia".

"Obrigado, Estação Primeira de Mangueira, todo meu respeito, gratidão e torcida estão com vocês", concluiu.

VEJA O POST DE LÁZARO RAMOS:

Ver essa foto no Instagram

Há uma semana, recebi um dos convites mais emocionantes da minha vida. Que NÃO poderei aceitar. Primeiro, escutei da rainha maior @alcioneamarrom um samba cantado ao telefone e me arrepiei. Depois, respeitando o chamado, fui ao encontro do grande artista @_leandrovieirarj para saber melhor sobre o convite para o carnaval que a @mangueira_oficial fará este ano. Fiquei todo arrepiado. Sua benção, Estação Primeira de Mangueira. Ao me pensar como um dos Jesus, imediatamente comecei a refletir sobre qual o sentido da mensagem de Cristo para mim e, inevitavelmente, o amor vinha como protagonista. Os rostos de quem me deu amor e que davam sentido à mensagem de respeito, acolhimento e afeto que a historia de Cristo deixou pra nós, realmente tinham várias formas: É o rosto da minha tia-avó que me criou e também mais 19 crianças numa mesma casa, é o rosto dos meus mestres, que me abraçaram nos momentos de dúvida, é o rosto de um desconhecido que tocou no meu ombro e perguntou se estava tudo bem e são tantos rostos que espalham amor por aí fazendo jus à mensagem. Pensar na possibilidade do mensageiro do amor vir de forma múltipla ganhou um sentido pra mim. A partir daí, vieram as reações. Pedidos na internet para que eu aceitasse, parabenização de amigos, família excitada e alguns poucos questionando. Mas foi uma onda de amor gigante. Olha a mensagem dEle aí de novo. Mas a vida do artista é trabalhar em momentos em que a maioria das pessoas estão se divertindo. E esse é o meu trabalho, estarei trabalhando enquanto o público estará em folia. Infelizmente não poderei desfilar. Mas deixo aqui a imagem que simboliza este momento, feita por Marcondes Rocco (@marcondes_rocco). Obrigado por fazer com que eu me visse assim. Obrigado por me oferecer a oportunidade de me ver como a face do amor. Obrigado #EstaçãoPrimeiradeMangueira Todo meu respeito, gratidão e torcida estão com vocês. Tenho certeza de que será mais um carnaval poderoso. E hoje, todos os meus stories são para vocês. #mangueira2020 #averdadevosfaralivre #alcione #leandrovieira

Uma publicação compartilhada por Lázaro Ramos (@olazaroramos) em




Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.

OFERTAS

Especiais JC

Irmã Dulce e as lições que se multiplicam Irmã Dulce e as lições que se multiplicam
A Santa Dulce dos Pobres deixou um legado enorme por todo o país, e não poderia ser diferente em Pernambuco. Veja exemplos de quem segue o "anjo bom da Bahia"
Jackson era grande demais para um pandeiro Jackson era grande demais para um pandeiro
Em pouco tempo, Jackson do Pandeiro deixou claro que não se tratava apenas de uma voz a mais no cenário artístico pernambucano. Confira especial sobre o artista
Especial Novo Clima Especial Novo Clima
O inverno não é mais o mesmo. E nem o verão. Os efeitos da crise climática alteraram a rotina de milhares de cidadãos das grandes cidades. O JC traz reportagens especiais desvendando o "novo clima"

    SIGA-NOS

    LICENCIAMENTO

  • Para solicitação de licenciamento, contactar editores@ne10.com.br

Jornal do Commercio 2020 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE |

PRIVACIDADE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM