Jornal do Commercio
ENERGIA

Entenda a conta de energia: encargos setoriais e período de leitura

Coluna Energia Consciente é publicada pelo JC e Celpe

Publicado em 04/11/2015, às 06h00

Medidor da Celpe. / Divulgação
Medidor da Celpe.
Divulgação
Do JC Online

Você conhece os encargos setoriais pagos todos os meses na sua conta de energia? Conhece o período de leitura?

Encargos Setoriais são valores cobrados por determinação legal para o desenvolvimento do setor elétrico e para as políticas energéticas do Governo Federal. Vamos conhecê-los:

A CDE, Conta de Desenvolvimento Energético, é destinada à promoção do desenvolvimento energético dos estados, projetos de universalização dos serviços de energia elétrica,  subvenção aos programas de baixa renda e à expansão da malha de gás natural para o atendimento dos estados que ainda não possuem rede canalizada.

O PROINFA é o Programa de Incentivo às Fontes Alternativas de Energia Elétrica. Seu objetivo é promover a diversificação da Matriz Energética.

A TFSEE é uma taxa de fiscalização dos serviços de energia elétrica e foi criada para constituir a receita da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel).

P&D é o encargo destinado a fomentar a Pesquisa e o Desenvolvimento e a Eficiência Energética. Este recurso é destinado às distribuidoras para aplicação em projetos aprovados pela Aneel, ao Ministério da Ciência e Tecnologia, ao Fundo Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico.



O ESS é o Encargo de Serviços do Sistema. Este encargo cobre os custos dos serviços do sistema elétrico.

O EER é o Encargo de Energia de Reserva. Representa todos os custos recorrentes da contratação da energia de reserva, entendida como aquela destinada a aumentar a segurança no fornecimento de energia elétrica ao Sistema Interligado Nacional (SIN).

ONS é o Operador Nacional do Sistema. Pagamos mensalmente valores relativos ao custeio das atividades do ONS. 

Esses encargos representam 11 % do valor da sua fatura.

 

Leitura

Todo mês, a Celpe faz a leitura do seu medidor e verifica quanto você consumiu de energia entre os períodos. Essa informação está na sua conta, no campo “Demonstrativo de Consumo”. 

A concessionária pode realizar a leitura dos consumos entre intervalos de 27 dias até 33 dias. Estes períodos são denominados ciclos de leitura. Mas atenção com o consumo mínimo a ser pago! Mesmo se o consumidor não utilizar a energia elétrica por um determinado período, é cobrado um consumo mínimo. Isso ocorre porque a empresa tem que manter seu sistema elétrico e sua estrutura de atendimento em perfeito funcionamento. É o chamado Custo de Disponibilidade, presente nas tarifas aplicáveis ao faturamento de unidades consumidoras atendidas em baixa tensão de fornecimento.

Para as unidades monofásicas, o valor será o equivalente a 30 kWh, para as bifásicas, 50 kWh, e para as trifásicas, 100 kWh. Para que esse valor não seja cobrado, o consumidor tem a opção de solicitar à Celpe o desligamento da sua unidade consumidora, mas ao solicitar uma nova ligação, esta terá custo.

 

 




Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.

OFERTAS

Especiais JC

Especial Nova Rotação Especial Nova Rotação
As cidades estão entrando em colapso. Refletem o resultado da mobilidade urbana convencional, um mal incorporado à sociedade e de difícil enfrentamento.Mas o momento de inverter essa lógica é agora. Criar uma nova rotação para as cidades, para as pessoas
JC Recall de Marcas 2019 JC Recall de Marcas 2019
Pitú e Vitarella são as marcas mais lembradas pelo consumidor pernambucano, de acordo com a edição 2019 do Prêmio JC Recall de Marcas. O ranking foi feito a partir de levantamento do Harrop Pesquisa para o Jornal do Commercio.
Especial Tempo de Férias Especial Tempo de Férias
O tempo das férias finalmente chegou e com ele os vários planos sobre o que fazer no período livre. O JC traz algumas dicas de como otimizar o período para voltar renovado do merecido descanso.

    SIGA-NOS

    LICENCIAMENTO

  • Para solicitação de licenciamento, contactar editores@ne10.com.br

Jornal do Commercio 2019 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE |

PRIVACIDADE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM