Jornal do Commercio
CONFLITO

Aliança árabe-curda expulsa o Estado Islâmico de usina de gás na Síria

As instalações acabaram nas mãos dos rebeldes sírios em 2012, e no poder do EI em 2014

Publicado em 23/09/2017, às 15h10

As Forças Democráticas Sírias conseguiram retomar o controle da usina de gás de Conoco ao norte da província de Deir Ezzor após dois dias de combate contra o EI / Foto: STRINGER / AFP
As Forças Democráticas Sírias conseguiram retomar o controle da usina de gás de Conoco ao norte da província de Deir Ezzor após dois dias de combate contra o EI
Foto: STRINGER / AFP
AFP

A aliança antiextremista apoiada por Washington na Síria anunciou neste sábado (23) ter expulsado o grupo Estado Islâmico (EI) de uma importante usina de processamento de gás na província de Deir Ezzor, no leste do país.

Antes da guerra, a usina de Conoco era a maior responsável pela produção de gás na Síria, com uma capacidade de 13 milhões de metros cúbicos de gás natural por dia, segundo a Syria Report, uma revista econômica online. 

Essas instalações acabaram nas mãos dos rebeldes sírios em 2012, e no poder do EI em 2014. 

"As Forças Democráticas Sírias (FDS) conseguiram retomar o controle da usina de gás de Conoco ao norte da província de Deir Ezzor após dois dias de combate contra o EI", indicou a aliança árabe-curda em comunicado publicado.

A ONG Observatório Sírio dos Direitos Humanos (OSDH) confirmou a retomada da usina e ressaltou que o campo adjacente também foi reconquistado. As FDS não confirmaram essa última informação. 



Petróleo

Deir Ezzor possui as maiores reservas petrolíferas do país. última província controlada pelo EI na Síria, é atualmente cenário de fortes ofensivas contra os extremistas. 

Umas delas lançada pelo exército sírio, ajudada pela força aérea russa, e a outra pelas FDS, auxiliada pela coalizão internacional liderada pelos Estados Unidos.

Construída em 2001, a usina de Conoco era propriedade conjunta da companhia americana ConocoPhillips  e da francesa Total, antes da empresa americana se retirar em 2005 e ceder a fábrica à companhia estatal síria. 

O EI se enriqueceu com os meios de produção de petróleo e gás no leste da Síria, parte que conquistou em 2014, antes de que esses locais se tornassem alvo de bombardeios da coalizão liderada por Washington.




Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.

OFERTAS

Especiais JC

Especial Nova Rotação Especial Nova Rotação
As cidades estão entrando em colapso. Refletem o resultado da mobilidade urbana convencional, um mal incorporado à sociedade e de difícil enfrentamento.Mas o momento de inverter essa lógica é agora. Criar uma nova rotação para as cidades, para as pessoas
JC Recall de Marcas 2019 JC Recall de Marcas 2019
Pitú e Vitarella são as marcas mais lembradas pelo consumidor pernambucano, de acordo com a edição 2019 do Prêmio JC Recall de Marcas. O ranking foi feito a partir de levantamento do Harrop Pesquisa para o Jornal do Commercio.
Especial Tempo de Férias Especial Tempo de Férias
O tempo das férias finalmente chegou e com ele os vários planos sobre o que fazer no período livre. O JC traz algumas dicas de como otimizar o período para voltar renovado do merecido descanso.

    SIGA-NOS

    LICENCIAMENTO

  • Para solicitação de licenciamento, contactar editores@ne10.com.br

Jornal do Commercio 2019 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE |

PRIVACIDADE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM