Jornal do Commercio
BEETLE

Volkswagen anuncia fim da produção do Fusca

Conhecido com Beetle, Volkswagen fabricará últimos modelos especiais para encerrar produção do carro que fez história

Publicado em 13/09/2018, às 17h18

Edição especial de encerramento contará com Fusca em duras cores inéditas: bege e azul claro / Foto: Divulgação
Edição especial de encerramento contará com Fusca em duras cores inéditas: bege e azul claro
Foto: Divulgação
AFP

A Volkswagen anunciou nesta quinta-feira (13) que em 2019 deixará de produzir definitivamente a nova versão de seu mítico Fusca (Beetle, como conhecido nos Estados Unidos), com dois últimos modelos em quatro configurações diferentes para "celebrar a rica herança" de um carro que marcou a história do automóvel.

Branco, preto, cinza, com tonalidades de azul e bege, os modelos poderão ter carrocerias conversíveis ou cupê. De acordo com o G1, as novas versões serão equipadas com sistema de abertura do veículo e partida do motor com chave presencial, ar-condicionado automático, sensor de estacionamento, alerta de pontos cegos e três cores diferentes para a iluminação interna.



Decisão

"A perda do Fusca, depois de três gerações e cerca de sete decênios, deverá provocar uma variada gama de emoções entre seus numerosos devotos", disse Hinrich Woebcken, CEO da Volkswagen América do Norte, que explicou que a empresa se concentrará em veículos maiores e nos carros elétricos.

No entanto, o executivo deixou aberta a possibilidade de que em algum momento o Fusca seja revivido. "Nunca diga nunca", afirmou.


Palavras-chave




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

JC 100 anos JC 100 anos
Para marcar os 100 anos de fundação, o JC publica este especial com um panorama do que se passou neste período em que o jornal retratou o mundo, com projeções de especialistas sobre o que vem por aí e com os bastidores da Redação do Jornal do Commercio
Sozinha nasce uma mãe Sozinha nasce uma mãe
Uma palavra se repete na vida dela: sozinha. Porque estava sozinha na gravidez. Sozinha na hora do parto. Sozinha nas primeiras noites de choro. Sozinha nos primeiros passos. Sozinha no registro civil. O JC conta histórias de luta das mães sozinhas
Segunda chance - Caminhos para ressocializar Segunda chance - Caminhos para ressocializar
Eles saem das prisões, mas as prisões não saem deles. Perseguem-nos até o final de suas vidas. Como uma condenação perpétua. Pena. Eles lamentam. Mas precisam seguir. E neste difícil caminho da ressocialização, o trabalho é uma espécie de absolvição.

    SIGA-NOS

    LICENCIAMENTO

  • Para solicitação de licenciamento, contactar editores@ne10.com.br

Jornal do Commercio 2019 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE |

PRIVACIDADE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM