Jornal do Commercio
Notícia
PCCh

Partido Comunista Chinês diz que economia enfrenta pressões negativas

As pressões se devem a mais fatores estruturais e sistêmicos que cíclicos, defende o comitê do partido

Publicado em 19/04/2019, às 21h00

O Partido Comunista também prometeu estabilizar a demanda, pressionando as mudanças do lado da oferta / Foto: STR / AFP
O Partido Comunista também prometeu estabilizar a demanda, pressionando as mudanças do lado da oferta
Foto: STR / AFP
Estadão Conteúdo

O comitê do Partido Comunista da China disse nesta sexta-feira (19) que a despeito de um bom início de ano, a economia do país ainda enfrenta muitas dificuldades. As pressões negativas à atividade se devem a mais fatores estruturais e sistêmicos que cíclicos, defende o comitê do partido em ata de encontro liderado pelo presidente chinês, Xi Jinping, de acordo com a agência oficial Xinhua.

Uma das prioridades é o apoio ao setor privado e aos pequenos negócios por meio de diminuição de custos financeiros, ressaltou a agência de notícias.

O Partido Comunista também prometeu estabilizar a demanda, pressionando as mudanças do lado da oferta e continuando com a desalavancagem estrutural.



Construção civil

Em relação ao setor de construção civil, um dos maiores do país, o partido reiterou que "as casas foram feitas para se viver nelas, não para se especular", pedindo ainda que governos municipais sejam responsáveis por suas próprias políticas habitacionais.

A China registrou no primeiro trimestre de 2019 crescimento em base anual de 6,4%, em meio aos esforços de Pequim para estabilizar o crescimento econômico depois de meses de fraqueza da atividade. Apesar de o número ter vindo um pouco acima do esperado, o governo de Xi Jinping segue determinado em manter os estímulos.

Entre outras medidas, o governo está considerando estimular as vendas de carros, smartphones e eletrodomésticos. Fonte: Dow Jones Newswires.





Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Copa América no Brasil Copa América no Brasil
Confira a relação da Copa América com o Brasil, o histórico e detalhes da edição deste ano, na qual a seleção terá que se virar sem Neymar, cortado do torneio. Catar e Japão participam como convidados
O nome dele era Gabriel Diniz O nome dele era Gabriel Diniz
José Gabriel de Souza Diniz, o Gabriel Diniz, ou simplesmente GD como os fãs o chamavam, morreu precocemente, aos 28 anos, em um acidente com um pequeno avião no litoral sul de Sergipe ocorrido na segunda-feira, 27 de maio de 2019.
Conheça o udigrudi pernambucano Conheça o udigrudi pernambucano
O udigrudi pernambucano reuniu um grupo de talentosos jovens músicos que, na primeira metade dos anos 70, gravou discos absolutamente não comerciais, fez rock and roll na terra do frevo, produziu festivais, insistiram na permanência do sonho.

    SIGA-NOS

    LICENCIAMENTO

  • Para solicitação de licenciamento, contactar editores@ne10.com.br

Jornal do Commercio 2019 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE |

PRIVACIDADE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM