Jornal do Commercio
INVESTIMENTO

Banco do Nordeste investirá R$ 2,5 bilhões na agricultura familiar

O valor representa acréscimo de 8% em comparação ao Plano Safra 2016/2017

Publicado em 02/08/2017, às 16h27

Os juros variam entre 0,5%, 2,5% e 5,5% ao ano, dependendo da destinação do crédito / Foto: Agência Brasil
Os juros variam entre 0,5%, 2,5% e 5,5% ao ano, dependendo da destinação do crédito
Foto: Agência Brasil
Agência Brasil

O Banco do Nordeste investirá R$ 2,5 bilhões na agricultura familiar no âmbito do Plano Safra 2017/2018, que compreende o período de julho deste ano até junho de 2018. De acordo com o banco, o valor representa acréscimo de 8% em comparação ao Plano Safra 2016/2017. Os recursos serão destinados a produtores de todo o Nordeste e norte dos estados de Espírito Santo e de Minas Gerais, área de atuação do Banco.

O financiamento para os agricultores familiares é concedido por meio Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf). Os juros variam entre 0,5%, 2,5% e 5,5% ao ano, dependendo da destinação do crédito.

Para o custeio da produção de itens que compõem a cesta de alimentos, o Pronaf traz taxas de juros de 2,5% ao ano. Estão incluídos nessa lista produtos como arroz, feijão, mandioca, tomate e laranja. Cultivos de olerícolas e custeio para apicultura, bovinocultura de leite, piscicultura, ovinos e caprinos têm a mesma taxa.



Alimentos em sistemas de produção de base agroecológica e orgânica e investimentos em produção de energia renovável, irrigação, armazenagem e práticas sustentáveis de manejo do solo e da água, também têm juros de 2,5% ao ano.

Assentados do Programa Nacional de Reforma Agrária e beneficiários do Programa Nacional de Crédito Fundiário podem contratar financiamento com juros de 0,5% ao ano. As demais atividades permanecem com a taxa de juros de 5,5% ao ano.





Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Especial educação Especial educação
E se você descobrisse que o futuro ligado às tendências que irão norteá-lo já chegou? O mundo hoje é um mar de oportunidades, para conhecimento, informação e inovação. Cada vez mais o profissional precisa evoluir. Por isso veja o caminho a seguir
A revolução da ciclomobilidade: o exemplo de Fortaleza A revolução da ciclomobilidade: o exemplo de Fortaleza
A capital cearense, diferentemente da pernambucana – embora nordestina também – deu um salto na infraestrutura viária voltada para as bicicletas. A cidade está repleta de ciclofaixas. Por toda parte. E a grande maioria conectada
Cantos e Recantos Cantos e Recantos
A temporada de sol está nos espreitando, e a Praia de Boa Viagem é sempre uma opção de passeio. Mas que tal ousar um pouquinho na quilometragem e desbravar outros destinos? Pernambuco tem muitos lugares fantásticos e você vai adorar o roteiro que o JC fe

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2018 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM