Jornal do Commercio
VENDA E ALUGUEL

Mercado de salas e conjuntos comerciais continua em baixa em julho, diz Fipezap

O preço médio anunciado de venda dos imóveis comerciais nessas cidades recuou 0,11% em julho

Publicado em 23/08/2017, às 09h31

No acumulado dos primeiros sete meses do ano, a retração do valor de venda já atingiu 2,28% / Foto: Pixabay/Reprodução
No acumulado dos primeiros sete meses do ano, a retração do valor de venda já atingiu 2,28%
Foto: Pixabay/Reprodução
Estadão Conteúdo

O mercado de salas e conjuntos comerciais permanece sob pressão, com recuo nos preços médios de venda e locação em julho, de acordo com pesquisa da Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe) a partir dos anúncios no site Zap Imóveis. O levantamento engloba escritórios de até 200 metros quadrados (m2) em São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte e Porto Alegre.

O preço médio anunciado de venda dos imóveis comerciais nessas cidades recuou 0,11% em julho na comparação com junho. No acumulado dos primeiros sete meses do ano, a retração já atingiu 2,28%, enquanto nos últimos 12 meses houve baixa de 4,08%.

Em julho, a queda nos preços de venda foi puxada pelo resultado negativo do Rio de Janeiro, onde houve retração de 1,01%, e em Porto Alegre, que teve baixa de 0,11%. Já nas cidades de São Paulo e Belo Horizonte, houve alta de 0,15% e 0,54%, respectivamente.



LOCAÇÃO

O preço médio anunciado de aluguel das salas e conjuntos comerciais em julho sofreu queda de 0,67% em comparação com junho. Nos primeiros sete meses do ano, a baixa atingiu 2,59%, enquanto no acumulado dos últimos 12 meses, a retração foi de 5,55%.

Em julho, as quatro cidades cobertas pela pesquisa registraram queda nos preços de locação: Rio de Janeiro (-0,82%), São Paulo (-0,69%), Belo Horizonte (-0,77%) e Porto Alegre (-0,01%).




Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.

OFERTAS

Especiais JC

Irmã Dulce e as lições que se multiplicam Irmã Dulce e as lições que se multiplicam
A Santa Dulce dos Pobres deixou um legado enorme por todo o país, e não poderia ser diferente em Pernambuco. Veja exemplos de quem segue o "anjo bom da Bahia"
Jackson era grande demais para um pandeiro Jackson era grande demais para um pandeiro
Em pouco tempo, Jackson do Pandeiro deixou claro que não se tratava apenas de uma voz a mais no cenário artístico pernambucano. Confira especial sobre o artista
Especial Novo Clima Especial Novo Clima
O inverno não é mais o mesmo. E nem o verão. Os efeitos da crise climática alteraram a rotina de milhares de cidadãos das grandes cidades. O JC traz reportagens especiais desvendando o "novo clima"

    SIGA-NOS

    LICENCIAMENTO

  • Para solicitação de licenciamento, contactar editores@ne10.com.br

Jornal do Commercio 2020 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE |

PRIVACIDADE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM