Jornal do Commercio
GÁS

Petrobras vai revisar política para o gás após disparada de preços

A estatal decidiu rever a metodologia que estava sendo utilizada desde junho deste ano

Publicado em 07/12/2017, às 14h30

A Petrobras não informou como será a nova metodologia / Foto: ABr
A Petrobras não informou como será a nova metodologia
Foto: ABr
ESTADÃO CONTEÚDO

Depois de promover ajustes no Gás Natural Liquefeito para uso residencial (Botijão de 13 quilos), que acumula alta de 84% no ano depois de anos sem aumento de preços, a Petrobras decidiu rever a metodologia que estava sendo utilizada desde junho deste ano para o combustível. De acordo com o Grupo Executivo de Mercado de Preços (GEMP), "embora os preços do GLP praticados no Brasil devam ser referenciados ao mercado internacional, esta metodologia necessita ser revista.

O fundamento para isso é que o mercado de referência (butano e propano na Europa) está apresentando alta volatilidade nos preços, agravada pela sazonalidade (inverno) naquela região", disse a estatal em nota, afirmando que o último aumento encerrou o uso da regra vigente. A empresa não informou como será a nova metodologia.



O grupo admitiu que vai buscar uma metodologia que suavize os impactos derivados da transferência dessa volatilidade para os preços domésticos.

"Esta revisão se aplicará exclusivamente ao GLP de uso residencial, comercializado em botijões de 13kg, e não terá reflexo sobre os demais derivados comercializados pela Petrobras", ressaltou a estatal.


Palavras-chave




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Papai Noel o ano inteiro Papai Noel o ano inteiro
As luzes na cidade anunciam que o Natal já chegou. É nesta época do ano que o espírito natalino faz aflorar alguns dos sentimentos mais nobres. Agora iremos contar histórias de pessoas, organizações e empresas que fizeram da solidariedade missão de vida
Vida fit todo dia Vida fit todo dia
Apesar de a abertura do Verão no Brasil só acontecer em dezembro, no Nordeste há uma antecipação da data. Por esse motivo, que tal aproveitar esses meses de energia para cultivar bons hábitos e mudar o estilo de vida? Veja várias dicas de como se cuidar
BRT: E agora? BRT: E agora?
Ele está ferido, sofrido. Esquecido. E sem perspectivas de melhoria. Tem sobrevivido como é possível e, apenas pontualmente, esboça reações positivas. O sistema BRT, Bus Rapid Transit, tem sofrido de inanição em todo o País. E poderá se perder.

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2018 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM