Jornal do Commercio
CAMINHONEIROS

Sindicato dos caminhoneiros de Ipojuca decide se afastar de paralisação

Sintracape/PE emitiu nota oficial declarando 'que a permanência da entidade sindical levaria a prejuízo dos resultados obtidos'

Publicado em 24/05/2018, às 13h00

Sintraca/PE participou do movimento desde o primeiro dia, na segunda-feira (21) / Foto: Felipe Ribeiro/JC Imagens
Sintraca/PE participou do movimento desde o primeiro dia, na segunda-feira (21)
Foto: Felipe Ribeiro/JC Imagens
JC Online

O Sindicato dos Transportadores Rodoviários Autônomos de Bens de Ipojuca e Grande Recife (Sintraca/PE) decidiu, na manhã desta quinta-feira (24), se afastar do movimento de paralisação dos caminhoneiros no estado contra o aumento do preço do diesel.

Após o quarto dia consecutivo de manifestações interrompendo as principais vias de Pernambuco para chamar a atenção do governo à situação, o Sindicato explica que "entende que a permanência da entidade sindical levaria a prejuízo dos resultados obtidos". Eles participaram do movimento desde o primeiro dia, na segunda-feira (21).

Em entrevista à Rádio Jornal, o presidente do sindicato das empresas de ônibus de Pernambuco, Fernando Bandeira, explica a ação judicial que ingressou contra os sindicatos. Ele define a atuação situação brasileira como um 'absurdo'. "Estamos com uma liminar para tirarmos o combustível com força policial, para que a gente consiga e não pare o serviço. Eu até reconheço, o diesel aumentou 60%, é um absurdo. Mas os grevistas têm que ter a consciência de que não pode prejudicar toda uma sociedade", esclareceu.



Nota oficial na íntegra:

"O SINDICATO DOS TRANSPORTADORES RODOVIARIOS AUTONOMOS DE BENS DE IPOJUCA E GRANDE RECIFE-SINTRACAPE,
entidade sindical regulamente constituída, vem, por seu Diretor Presidente, Wilton Valença Nery comunicar a todos que, após ter participado ativamente de um movimento legítimo em âmbito nacional, buscando estancar os efeitos nocivos dos reajustes dos combustíveis, entre outras reivindicações, onde atuou sempre de maneira ordeira e pacífica, sendo estes objetivos plenamente atingidos, e após tomar conhecimento de duas liminares judiciais, resolve se afastar do movimento de reivindicação nacional, a partir da zero hora desta quinta-feira, 24/05/2018, por entender que a permanência da entidade sindical levaria a prejuízo dos resultados obtidos.

O SINTRACAPE agradece o apoio e a solidariedade de diversos profissionais e setores da sociedade, recebidos durante toda a movimentação no Porto de Suape."




Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.

OFERTAS

Especiais JC

Especial Nova Rotação Especial Nova Rotação
As cidades estão entrando em colapso. Refletem o resultado da mobilidade urbana convencional, um mal incorporado à sociedade e de difícil enfrentamento.Mas o momento de inverter essa lógica é agora. Criar uma nova rotação para as cidades, para as pessoas
JC Recall de Marcas 2019 JC Recall de Marcas 2019
Pitú e Vitarella são as marcas mais lembradas pelo consumidor pernambucano, de acordo com a edição 2019 do Prêmio JC Recall de Marcas. O ranking foi feito a partir de levantamento do Harrop Pesquisa para o Jornal do Commercio.
Especial Tempo de Férias Especial Tempo de Férias
O tempo das férias finalmente chegou e com ele os vários planos sobre o que fazer no período livre. O JC traz algumas dicas de como otimizar o período para voltar renovado do merecido descanso.

    SIGA-NOS

    LICENCIAMENTO

  • Para solicitação de licenciamento, contactar editores@ne10.com.br

Jornal do Commercio 2019 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE |

PRIVACIDADE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM