Jornal do Commercio
FERROVIAS

PPI confirma a inclusão de duas ferrovias no programa de concessões

As ferrovias ficarão entre a EF-118, entre Rio de Janeiro e Espirito Santo e em outro trecho na EF-151

Publicado em 06/07/2018, às 17h02

No tramo Norte da ferrovia Norte-Sul, será elaborado um projeto de engenharia para a ligação entre outros pontos / Foto: Diego Nigro/JC Imagem
No tramo Norte da ferrovia Norte-Sul, será elaborado um projeto de engenharia para a ligação entre outros pontos
Foto: Diego Nigro/JC Imagem
ABr

O Conselho do Programa de Parcerias de Investimentos (PPI) confirmou nesta sexta-feira (6), em reunião extraordinária, a inclusão de duas ferrovias no programa de concessões do governo: a EF- 118, entre Rio de Janeiro e Espírito Santo, e o tramo norte da EF-151, conhecida como Ferrovia Norte-Sul.  

De acordo com a Secretaria-Geral da Presidência da República, a EF-118 será viabilizada por meio das prorrogações de contratos de concessão existentes, nos mesmos moldes das ferrovias qualificadas na 7ª reunião do Conselho do PPI, ocorrida no último dia 2.



Quanto ao tramo Norte da ferrovia Norte-Sul, foi estabelecido que será elaborado um projeto de engenharia para a ligação entre Açailândia (MA) e Barcarena (PA), conectando a ferrovia Norte-Sul ao porto de Vila do Conde. “Assim, será possível identificar a melhor alternativa para esta conexão, que reforçará a estratégia de diminuir a distância entre a produção nacional e o mercado externo, providência esta fundamental para viabilizar um possível processo de concessão desta ferrovia”, informou a Secretaria-Geral da Presidência da República.





Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.

OFERTAS

Especiais JC

Especial Tempo de Férias Especial Tempo de Férias
O tempo das férias finalmente chegou e com ele os vários planos sobre o que fazer no período livre. O JC traz algumas dicas de como otimizar o período para voltar renovado do merecido descanso.
Copa América no Brasil Copa América no Brasil
Confira a relação da Copa América com o Brasil, o histórico e detalhes da edição deste ano, na qual a seleção terá que se virar sem Neymar, cortado do torneio. Catar e Japão participam como convidados
O nome dele era Gabriel Diniz O nome dele era Gabriel Diniz
José Gabriel de Souza Diniz, o Gabriel Diniz, ou simplesmente GD como os fãs o chamavam, morreu precocemente, aos 28 anos, em um acidente com um pequeno avião no litoral sul de Sergipe ocorrido na segunda-feira, 27 de maio de 2019.

    SIGA-NOS

    LICENCIAMENTO

  • Para solicitação de licenciamento, contactar editores@ne10.com.br

Jornal do Commercio 2019 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE |

PRIVACIDADE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM