Jornal do Commercio
INSS

STJ concede adicional de 25% para aposentados que necessitam de cuidadores

Atualmente, o benefício estava previsto apenas para casos de aposentadoria por invalidez

Publicado em 23/08/2018, às 02h38

Segundo o STJ, 769 processos que tratavam do caso estavam suspensos em todo o País / Foto: ANPR
Segundo o STJ, 769 processos que tratavam do caso estavam suspensos em todo o País
Foto: ANPR
Estadão Conteúdo

A Primeira Seção do Superior Tribunal de Justiça (STJ) decidiu nesta quarta-feira (22), que deve ser concedido um valor adicional de 25% nas aposentadorias pagas pelo Instituto Nacional de Seguridade Social (INSS) a todo aposentado que comprovar a necessidade de cuidados permanentes de terceiros. Atualmente, o benefício estava previsto apenas para casos de aposentadoria por invalidez.

Durante o julgamento, a ministra Regina Helena Costa destacou que a situação de vulnerabilidade e necessidade de auxílio permanente pode acontecer com qualquer segurado do INSS. "Não podemos deixar essas pessoas sem amparo", afirmou.



Processos

De acordo com a decisão, o pagamento adicional deve ser encerrado com a morte dos aposentados e deve ser pago ainda que a pessoa receba o limite máximo legal fixado pelo INSS (teto), atualmente em R$ 5.645. Segundo o STJ, 769 processos que tratavam do caso estavam suspensos em todo o País, aguardando a decisão do tribunal.


Palavras-chave


Comentários

Por Guilherme de Oliveira ,23/08/2018

Só falta agora o Excelentíssimo Ministro Roberto Barroso, relator dos Embargos de Declaração no Recurso Extraordinário 589.998, que tem como embargante a Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos - ECT, que determinou, em 08/05/2017, "a suspensão de todos os processos pendentes, individuais ou coletivos, que versem sobre a dispensa imotivada de empregados de estatais (art. 1.035, §5º, do CPC/2015)", Julgar tal recurso, permitindo o prosseguimento de todos os processos parados e que prejudicam diversos trabalhadores!



Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Sozinhas nasce uma mãe Sozinhas nasce uma mãe
Uma palavra se repete na vida dela: sozinha. Porque estava sozinha na gravidez. Sozinha na hora do parto. Sozinha nas primeiras noites de choro. Sozinha nos primeiros passos. Sozinha no registro civil. O JC conta histórias de luta das mães sozinhas
Segunda chance - Caminhos para ressocializar Segunda chance - Caminhos para ressocializar
Eles saem das prisões, mas as prisões não saem deles. Perseguem-nos até o final de suas vidas. Como uma condenação perpétua. Pena. Eles lamentam. Mas precisam seguir. E neste difícil caminho da ressocialização, o trabalho é uma espécie de absolvição.
Papai Noel o ano inteiro Papai Noel o ano inteiro
As luzes na cidade anunciam que o Natal já chegou. É nesta época do ano que o espírito natalino faz aflorar alguns dos sentimentos mais nobres. Agora iremos contar histórias de pessoas, organizações e empresas que fizeram da solidariedade missão de vida

    SIGA-NOS

    LICENCIAMENTO

  • Para solicitação de licenciamento, contactar editores@ne10.com.br

Jornal do Commercio 2019 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE |

PRIVACIDADE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM