Jornal do Commercio
INDÚSTRIAS

Pernambuco registra maior alta de produção industrial do país

A produção cresceu em seis dos 15 locais avaliados na passagem de outubro para novembro. Nacionalmente, a média de crescimento foi de 0,1%

Publicado em 11/01/2019, às 09h03

Na Região Nordeste foi registrada uma queda de 1,3% na produção industrial / Foto: Sérgio Bernardo/JC Imagem
Na Região Nordeste foi registrada uma queda de 1,3% na produção industrial
Foto: Sérgio Bernardo/JC Imagem
Estadão Conteúdo

A produção industrial cresceu em seis dos 15 locais pesquisados na passagem de outubro para novembro, segundo os dados da Pesquisa Industrial Mensal - Produção Física Regional, divulgados nesta sexta-feira, 11, pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Na média de todo o País, a produção industrial nacional subiu 0,1% em novembro ante outubro. Regionalmente, o maior aumento foi em Pernambuco, com alta de 1,4%. 

Logo atrás vem Paraná (1,1%) e Ceará (0,9%). O Estado de São Paulo, maior parque industrial do País, registrou alta de 0,7% na produção da indústria em novembro ante outubro. Além dele, Minas Gerais (0,7%) e Rio Grande do Sul (0,4%) também tiveram resultados positivos.

Queda

Na contramão, os nove locais pesquisados pelo IBGE em que houve queda na produção industrial em novembro ante outubro foram Goiás (-6,2%), Amazonas (-3,5%), Rio de Janeiro (-2,2%), Pará (-1,3%), Bahia (-1,2%), Santa Catarina (-0,9%), Região Nordeste (-0,8%), Espírito Santo (-0,8%) e Mato Grosso (-0,4%).

Já na comparação de novembro de 2018 com igual mês de 2017, a produção industrial recuou em oito dos 15 locais pesquisados. Em relação a novembro de 2017, a produção caiu 0,9%. Tanto em 2018 quanto em 2017, novembro teve 20 dias úteis, informou o IBGE.



A indústria paulista teve desempenho pior do que a média, com queda de 3,4%. A indústria de Goiás (-14,2%) teve o pior desempenho, "pressionado, em grande parte, pelas quedas observadas nos setores de veículos automotores, reboques e carrocerias (automóveis), de coque, produtos derivados do petróleo e biocombustíveis (álcool etílico), de produtos alimentícios (açúcar cristal e VHP) e de produtos farmoquímicos e farmacêuticos (medicamentos)".

Rio de Janeiro (-5,5%), Amazonas (-2,0%), Mato Grosso (-1,6%) e Região Nordeste (-1,3%), Minas Gerais (-0,6%) e Bahia (-0,3%) completaram o conjunto de locais com queda na produção na comparação de novembro de 2018 com igual mês de 2017.

Segmentos

Na contramão da indústria nacional, a produção no Rio Grande do Sul avançou 12,7% nessa base de comparação, com destaque para os segmentos de veículos automotores, reboques e carrocerias (automóveis, reboques e semirreboques, carrocerias para ônibus e autopeças), máquinas e equipamentos (tratores agrícolas e máquinas para colheita) e produtos de metal (construções pré-fabricadas de metal, revólveres e pistolas, espingardas de caça e artefatos de alumínio, ferro e aço para uso doméstico).

Também houve alta na produção no Pará (8,3%), com destaque para as indústrias extrativas (minérios de ferro em bruto ou beneficiados). Espírito Santo (4,1%), Santa Catarina (3,6%), Ceará (2,9%), Pernambuco (1,2%) e Paraná (0,3%) também registraram taxas positivas em novembro de 2018 ante igual mês de 2017, informou o IBGE.


Palavras-chave




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Segunda chance - Caminhos para ressocializar Segunda chance - Caminhos para ressocializar
Eles saem das prisões, mas as prisões não saem deles. Perseguem-nos até o final de suas vidas. Como uma condenação perpétua. Pena. Eles lamentam. Mas precisam seguir. E neste difícil caminho da ressocialização, o trabalho é uma espécie de absolvição.
Papai Noel o ano inteiro Papai Noel o ano inteiro
As luzes na cidade anunciam que o Natal já chegou. É nesta época do ano que o espírito natalino faz aflorar alguns dos sentimentos mais nobres. Agora iremos contar histórias de pessoas, organizações e empresas que fizeram da solidariedade missão de vida
Vida fit todo dia Vida fit todo dia
Apesar de a abertura do Verão no Brasil só acontecer em dezembro, no Nordeste há uma antecipação da data. Por esse motivo, que tal aproveitar esses meses de energia para cultivar bons hábitos e mudar o estilo de vida? Veja várias dicas de como se cuidar

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2019 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM