Jornal do Commercio
Leilão

'Bloco Nordeste tem muitíssimo potencial de desenvolvimento', diz Aena

Operador venceu o leilão dos aeroportos no Nordeste com um lance de R$ 1,9 bilhão

Publicado em 15/03/2019, às 20h25

Aena, a vencedora de concessão do Aeroporto do Recife, é a maior operadora do mundo / Foto: Reprodução/Aena
Aena, a vencedora de concessão do Aeroporto do Recife, é a maior operadora do mundo
Foto: Reprodução/Aena
Estadão Conteúdo

O forte potencial turístico foi o principal fator que atraiu o grupo espanhol Aena à disputa pelo Bloco Nordeste do leilão de aeroportos realizado nesta sexta-feira (15). O operador levou a concessão com um lance de R$ 1,9 bilhão, que superou os de outros 5 proponentes e com isso conquistou seu primeiro ativo no Brasil.

O diretor da Aena Internacional, Juan Jose Alvarez, classificou o bloco, composto pelos aeroportos de Recife (PE), Maceió (AL), Aracaju (SE), Juazeiro do Norte (CE), João Pessoa (PB) e Campina Grande (PB), como "muito importante" para a Aena e destacou o potencial de desenvolvimento turístico especialmente dos ativos nas capitais de Pernambuco, Alagoas e Sergipe.



"Tem muitíssimo potencial de desenvolvimento", afirmou, salientando que o grupo possui 47 aeroportos na Espanha, dos quais 80% são aeroportos turísticos. Ele disse que espera contar com a ajuda do governo para desenvolver o potencial turístico.

O executivo também comentou que o grupo utilizará recursos próprios para realizar os investimentos no Bloco.

Além do R$ 1,9 bilhão de contribuição inicial, a ser paga na assinatura do contrato, a Aena deverá desembolsar R$ 788 milhões ao longo dos primeiros cinco anos de contrato em obras de melhorias nos aeroportos estabelecidas no contrato.





Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Sozinhas nasce uma mãe Sozinhas nasce uma mãe
Uma palavra se repete na vida dela: sozinha. Porque estava sozinha na gravidez. Sozinha na hora do parto. Sozinha nas primeiras noites de choro. Sozinha nos primeiros passos. Sozinha no registro civil. O JC conta histórias de luta das mães sozinhas
Segunda chance - Caminhos para ressocializar Segunda chance - Caminhos para ressocializar
Eles saem das prisões, mas as prisões não saem deles. Perseguem-nos até o final de suas vidas. Como uma condenação perpétua. Pena. Eles lamentam. Mas precisam seguir. E neste difícil caminho da ressocialização, o trabalho é uma espécie de absolvição.
Papai Noel o ano inteiro Papai Noel o ano inteiro
As luzes na cidade anunciam que o Natal já chegou. É nesta época do ano que o espírito natalino faz aflorar alguns dos sentimentos mais nobres. Agora iremos contar histórias de pessoas, organizações e empresas que fizeram da solidariedade missão de vida

    SIGA-NOS

    LICENCIAMENTO

  • Para solicitação de licenciamento, contactar editores@ne10.com.br

Jornal do Commercio 2019 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE |

PRIVACIDADE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM