Jornal do Commercio
Notícia
INCENTIVO

Amazon Web Services lança programa de apoio a negócios com foco em educação no Brasil

Iniciativa garante a empresas de tecnologia com menos de cinco anos de vida, acesso a recursos da AWS

Publicado em 28/06/2019, às 10h24

Segundo Coutry Manager da AWS para o setor público, programa já ajuda empresas em 34 países / Foto: Rafael Roncato/Divulgação
Segundo Coutry Manager da AWS para o setor público, programa já ajuda empresas em 34 países
Foto: Rafael Roncato/Divulgação
Lucas Moraes

SÃO PAULO- Num Brasil onde três em cada dez startups fecham as portas antes mesmo de ganharem espaço no mercado, a Amazon Web Services (AWS) começa a atuar como espécie de aceleradora virtual para garantir o desenvolvimento dos negócios de tecnologia voltados para a educação. Através do EDStart, que já teve aportado US$ 2 milhões de dólares em outros países, a AWS irá garantir consultoria, acesso a seus serviços de computação em nuvem e apresentação ao mercado às empresas brasileiras, com menos de cinco anos de existência e faturamento inferior a US$ 10 milhões, que promovam alguma iniciativa de impacto no campo educacional.

O programa, de alcance global, chega pela primeira vez à América Latina, e inicia pelo Brasil seu chamamento com foco nas chamadas EDtechs. Sem custo para os negócios, o objetivo é atuar em prol do desenvolvimento de novas empresas disruptivas que ajudem que tenham o objetivo de impactar o segmento educacional e, por consequência, ajude a melhorar a formação de novos profissionais de Tecnologia da Informação ou até mesmo desenvolvedores focados na computação em nuvem.

"Nosso objetivo é motivar empresas de base tecnológica e que vão diretamente na base de educação. O programa já existe em 34 países, mas na América Latina só estamos lançando agora. Fundamentalmente estamos apoiados em quatro pilares: o desenvolvimento de uma comunidade, aspectos de capacitação, financeiro e de comunicação", diz o Country Manager para o setor público da AWS, Paulo Cunha.



Iniciativas

Atualmente, a comunidade do AWS EDStart conta com mais de 300 negócios beneficiados em todo mundo. Além desse programa, a AWS mantém outras iniciativas como o AWS Educate, AWS Academy e AWS For Research, voltadas a apoio no desenvolvimento educacional e de pesquisa. No caso do EDStart, as empresas apresentam seu projeto, se dentro das diretrizes propostas pela AWS, independente do valor, recebem uma espécie de bônus que é convertido no uso das tecnologias e serviços da Amazon Web Services.

"A gente entende que tem uma necessidade na formação, e nós como empresa temos que ajudar no desenvolvimento disso e investir", afirma o country manager da AWS no Brasil, Cleber Morais.

Para inscrições, as empresas interessadas podem acessar o site aws.amazon.com/pt/education/edstart. O processo é gratuito e sem prazo definido para fim da parceria.




Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.

OFERTAS

Especiais JC

Especial Nova Rotação Especial Nova Rotação
As cidades estão entrando em colapso. Refletem o resultado da mobilidade urbana convencional, um mal incorporado à sociedade e de difícil enfrentamento.Mas o momento de inverter essa lógica é agora. Criar uma nova rotação para as cidades, para as pessoas
JC Recall de Marcas 2019 JC Recall de Marcas 2019
Pitú e Vitarella são as marcas mais lembradas pelo consumidor pernambucano, de acordo com a edição 2019 do Prêmio JC Recall de Marcas. O ranking foi feito a partir de levantamento do Harrop Pesquisa para o Jornal do Commercio.
Especial Tempo de Férias Especial Tempo de Férias
O tempo das férias finalmente chegou e com ele os vários planos sobre o que fazer no período livre. O JC traz algumas dicas de como otimizar o período para voltar renovado do merecido descanso.

    SIGA-NOS

    LICENCIAMENTO

  • Para solicitação de licenciamento, contactar editores@ne10.com.br

Jornal do Commercio 2019 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE |

PRIVACIDADE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM