Jornal do Commercio
Notícia
Lances

Gol e Latam levam dois primeiros lotes em leilão de ativos da Avianca

A Gol arrematou, em um único lance, o Lote 1 (UPI A) de ativos da Avianca por US$ 70 milhões

Publicado em 10/07/2019, às 15h15

A Gol arrematou, em um único lance, o Lote 1 (UPI A) de ativos da Avianca por US$ 70 milhões / Foto: Vanderlei Almeida/AFP
A Gol arrematou, em um único lance, o Lote 1 (UPI A) de ativos da Avianca por US$ 70 milhões
Foto: Vanderlei Almeida/AFP
Estadão Conteúdo

A Gol arrematou nesta quarta-feira (10) em um único lance, o Lote 1 (UPI A) de ativos da Avianca por US$ 70 milhões, em leilão realizado pela Megaleilões, em São Paulo. Essa UPI é composta por 20 voos de Guarulhos, 12 voos do Santos Dumont e 18 voos de Congonhas.

Na sequência, a Latam levou o Lote 2 (UPI B), também em um único lance, por US$ 70 milhões, integrado por 26 voos de Guarulhos, 8 voos do Santos Dumont e 13 voos de Congonhas. Nenhuma empresa apresentou oferta pelo Lote 3, composto pelas UPIs C,D, e E.

Outros lotes

A Gol arrematou o Lote 5 (UPI D) e o  Lote 6 (UPI E) de ativos da Avianca por US$ 10 mil e US$ 7,3 milhões respectivamente. A UPI D é composta por seis voos de Guarulhos, quatro voos do Santos Dumont e quatro voos de Congonhas. Já a UPI E é composta por seis voos de Guarulhos, quatro voos do Santos Dumont e nove voos de Congonhas



Pouco depois de concluído o lance, a Latam pediu novo intervalo antes da abertura de Lote 6. Pelas regras do leilão, os interessados só podem interromper o leilão mais uma vez.

Anac

Por solicitação da Gol, o leilão foi interrompido por 15 minutos, enquanto o Lote 3 é desmembrado para receber lances individuais.

Apesar de o leilão estar acontecendo, a Anac possui uma autorização da Justiça para redistribuir esses slots entre as companhias aéreas, o que pode fazer com que o resultado do certame seja contestado.




Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.

OFERTAS

Especiais JC

Irmã Dulce e as lições que se multiplicam Irmã Dulce e as lições que se multiplicam
A Santa Dulce dos Pobres deixou um legado enorme por todo o país, e não poderia ser diferente em Pernambuco. Veja exemplos de quem segue o "anjo bom da Bahia"
Jackson era grande demais para um pandeiro Jackson era grande demais para um pandeiro
Em pouco tempo, Jackson do Pandeiro deixou claro que não se tratava apenas de uma voz a mais no cenário artístico pernambucano. Confira especial sobre o artista
Especial Novo Clima Especial Novo Clima
O inverno não é mais o mesmo. E nem o verão. Os efeitos da crise climática alteraram a rotina de milhares de cidadãos das grandes cidades. O JC traz reportagens especiais desvendando o "novo clima"

    SIGA-NOS

    LICENCIAMENTO

  • Para solicitação de licenciamento, contactar editores@ne10.com.br

Jornal do Commercio 2020 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE |

PRIVACIDADE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM
'; status++; } } else { status = 0; document.getElementById("aovivo").style.display = "none"; } setTimeout(function() { aovivo(); }, 180000); })();