Jornal do Commercio
Notícia
INJEÇÃO

Bolsonaro diz que anúncio do FGTS está previsto para esta semana

O Ministério da Economia anunciou nesta quarta-feira (17) que trabalhadores poderão sacar até 35% dos recursos de contas ativas no FGTS

Publicado em 17/07/2019, às 17h48

A expectativa é injetar R$ 42 bilhões na economia e, assim, atingir a projeção de crescimento de 0,81% no PIB / Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil
A expectativa é injetar R$ 42 bilhões na economia e, assim, atingir a projeção de crescimento de 0,81% no PIB
Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil
Estadão Conteúdo
Atualizada às 21h20

O presidente Jair Bolsonaro afirmou nesta quarta-feira (17) que o anúncio para liberação do FGTS e do PIS/Pasep deve ocorrer esta semana. Ele frisou que isso representaria "uma pequena injeção na economia" e ressaltou que a atividade já começa a dar sinais de recuperação, "pelos sinais positivos (no geral) e em especial também pelos sinais que estão vindo do Parlamento".

Bolsonaro afirmou ainda que o governo quer fazer uma reforma dos tributos federais e que deseja que a tabela de Imposto de Renda esteja, no máximo, em 25%. "E nós queremos ano a ano diminuir a nossa carga tributária", apontou.

Anúncio

O Ministério da Economia anunciou nesta quarta-feira (17) que trabalhadores poderão sacar até 35% dos recursos de contas ativas no Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). A expectativa é injetar R$ 42 bilhões na economia e, assim, atingir a projeção de crescimento de 0,81% no PIB. 



Minimizar a crise

Para o líder do MDB, Baleia Rossi (SP), a iniciativa é boa e já deu resultado no governo anterior. "É algo que diminuiu um pouco os efeitos da crise. No entanto, precisamos fazer mais. Aprovar a reforma tributária para gerar mais empregos e renda por meio da simplificação do sistema", disse ele ao Broadcast.

O líder do Podemos, José Nelto, acredita que o governo deveria liberar uma porcentagem maior do que a atualmente estudada. "Acho que é pouco, deveria ser maior do que 35%. Temer fez isso e deu certo. É a saída? Não. Mas em um momento de crise como esse é o remédio", disse. A líder do governo no Congresso, Joice Hasselmann (PSL-SP), considerou a medida "uma boa notícia".

Palavras-chave




Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.

OFERTAS

Especiais JC

Irmã Dulce e as lições que se multiplicam Irmã Dulce e as lições que se multiplicam
A Santa Dulce dos Pobres deixou um legado enorme por todo o país, e não poderia ser diferente em Pernambuco. Veja exemplos de quem segue o "anjo bom da Bahia"
Jackson era grande demais para um pandeiro Jackson era grande demais para um pandeiro
Em pouco tempo, Jackson do Pandeiro deixou claro que não se tratava apenas de uma voz a mais no cenário artístico pernambucano. Confira especial sobre o artista
Especial Novo Clima Especial Novo Clima
O inverno não é mais o mesmo. E nem o verão. Os efeitos da crise climática alteraram a rotina de milhares de cidadãos das grandes cidades. O JC traz reportagens especiais desvendando o "novo clima"

    SIGA-NOS

    LICENCIAMENTO

  • Para solicitação de licenciamento, contactar editores@ne10.com.br

Jornal do Commercio 2020 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE |

PRIVACIDADE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM