Jornal do Commercio
Notícia
Aplicativo

Conheça as novas medidas de segurança para motoristas e usuários de Uber no Brasil

Gravação de voz, checagem de rota e verificação de documentos serão algumas das novidades da Uber

Publicado em 06/11/2019, às 21h57

As mudanças valerão para os países da América Latina / Foto: Divulgação
As mudanças valerão para os países da América Latina
Foto: Divulgação
Amanda Rainheri

A partir de dezembro, os motoristas e usuários do aplicativo de transporte Uber terão mais segurança, isto por conta de alguns serviços que serão aprimorados ou adicionados à plataforma. Entre as novidades anunciadas pela empresa estão a possibilidade de realizar gravações de voz durante a viagem, a verificação de documentos e a criação de uma ferramenta de checagem de rota, para identificar as paradas mais longas no meio da viagem. A mudança valerá para os países da América Latina.

Segundo a empresa, nos próximos meses, a Uber deve aprimorar o recurso de selfie de motoristas na hora do login. Isto serve para garantir ao cliente que a mesma pessoa que está no volante é a mesma que aparece no aplicativo. Além disto, os usuários poderão verificar suas viagens através de uma senha que deve ser fornecida ao motorista. O sistema já foi testado e ganha uma grande novidade: a utilização de uma ferramenta de ultrassom, para que a identificação entre passageiro e motorista seja feita automaticamente, assim que o veículo chegar ao local de embarque.

A verificação de documentos oficiais também deve chegar à América Latina. A ferramenta que está em funcionamento no Chile serve para os usuários que prefiram pagar as corridas em dinheiro. Será necessário escanear um documento oficial com foto ou cartão de crédito, como forma de identificação.

Segurança na hora do embarque

Durante a viagem, será possível reportar à empresa algum problema que venha acontecer. A medida poderá ser adotada por passageiros e motoristas. Atualmente, isto só pode ser feito quando a viagem é concluída.



A gravação de voz também é outra novidade que será disponibilizada no Uber. “O áudio é encriptado e permanece gravado no aparelho. Isto significa que ninguém consegue acessá-lo. A Uber tem a chave da criptografia e só tem acesso ao conteúdo se o usuário ou o motorista decidirem enviar o áudio para a empresa”, explica o diretor global de produtos e segurança da Uber, Sachin Kansal.

“Houve algum problema?”

Durante a viagem, o aplicativo vai identificar paradas longas e que não foram programadas no meio do percurso, disparando uma mensagem para o usuário e o motorista, perguntando se houve algum problema durante o trajeto. “A América Latina enfrenta importantes desafios de segurança e a nossa operação está inserida nesse contexto. Queremos continuar oferecendo mobilidade e oportunidade de geração de renda, sem perder de vista a busca por soluções que diminuam os riscos”, afirmou Marcello Azambuja, diretor do tech center da Uber no Brasil.

Regulamentação

No Recife, a atuação de empresas de transporte por aplicativos é regulamentada a partir da lei municipal n º 15.528/2018. Aprovado em novembro do ano passado na Câmara dos Vereadores. O texto foi sancionado pelo prefeito do Recife, Geraldo Julio (PSB) em abril deste ano.

O prazo para regulamentação de empresas de transporte de pessoas por aplicativo encerrou no dia 23 de setembro, no Recife, após um período de 120 dias para a regularização. Agora, as empresas que realizam o serviço poderão operar a partir de credenciamento junto à Autarquia de Trânsito e Transporte Urbano (CTTU). Para isso, as empresas terão que ter domicílio fiscal e inscrição no cadastro mercantil da capital. Além disso, será feita uma cobrança de percentual pela utilização intensiva da infraestrutura viária do Recife, considerando os veículos cadastrados em cada operadora e que realizem, no mínimo, uma viagem por mês de apuração.




Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.

OFERTAS

Especiais JC

Reencontros Reencontros
A menina que salvou os livros numa enchente, o garoto que venceu a raiva humana, o médico que superou a pobreza, os albinos de Olinda e o goleiro de uma só perna foram personagens do projeto Reencontros, publicado em todas as plataformas do SJCC
Especial Nova Rotação Especial Nova Rotação
As cidades estão entrando em colapso. Refletem o resultado da mobilidade urbana convencional, um mal incorporado à sociedade e de difícil enfrentamento.Mas o momento de inverter essa lógica é agora. Criar uma nova rotação para as cidades, para as pessoas
JC Recall de Marcas 2019 JC Recall de Marcas 2019
Pitú e Vitarella são as marcas mais lembradas pelo consumidor pernambucano, de acordo com a edição 2019 do Prêmio JC Recall de Marcas. O ranking foi feito a partir de levantamento do Harrop Pesquisa para o Jornal do Commercio.

    SIGA-NOS

    LICENCIAMENTO

  • Para solicitação de licenciamento, contactar editores@ne10.com.br

Jornal do Commercio 2019 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE |

PRIVACIDADE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM