Jornal do Commercio
Notícia
LEILÃO

Leilão da Receita Federal tem de videogames a carros antigos

Serão 62 lotes de produtos diversos disponíveis

Publicado em 25/11/2019, às 17h47

A previsão da Receita é arrecadar aproximadamente R$ 5 milhões com o leilão. / Foto: Divulgação
A previsão da Receita é arrecadar aproximadamente R$ 5 milhões com o leilão.
Foto: Divulgação
JC Online

Itens de informática, videogames, celulares, câmeras fotográficas, caixas de som, motocicletas e até veículos antigos são alguns dos itens que pessoas físicas e jurídicas poderão adquirir no leilão eletrônico promovido pela Receita Federal, no próximo dia 12 de dezembro. Serão 62 lotes de produtos diversos disponíveis. 

A previsão da Receita é arrecadar aproximadamente R$ 5 milhões, que irão para o caixa da União, com posterior distribuição de  40% para a seguridade social e 60% para o Fundo de Desenvolvimento e Aperfeiçoamento da Atividade de Fiscalização (Fundaf).

O leilão também será uma oportunidade para amantes e colecionadores de carros antigos. Entre os itens disponíveis para leilão, a Receita Federal destaca modelos como Mercury  Marquis Brougham azul 1972, Corvette amarelo 1986, Cadillac Coupe Deville 1959, Ford Thunderbird 1956, e outros. Os veículos necessitam de restauração e por isso podem  ser adquiridos por preços atrativos.




Galeria de imagens

Legenda
Anteriores
Próximas

Como participar 

As pessoas físicas e jurídicas em dia com os tributos federais devem possuir certificado digital e têm até o dia anterior ao leilão  para registrar sua proposta inicial, por lote. O período de apresentação das propostas teve início no último dia 22 de novembro e segue até o dia 11 de dezembro, às 21h (horário de Brasília). 

As maiores propostas em  cada lote disputarão, lance  a lance, em uma sala virtual no dia do leilão, conforme regras estipuladas no edital. A mercadoria arrematada deve ser retirada em até 30 dias.




Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.

OFERTAS

Especiais JC

Irmã Dulce e as lições que se multiplicam Irmã Dulce e as lições que se multiplicam
A Santa Dulce dos Pobres deixou um legado enorme por todo o país, e não poderia ser diferente em Pernambuco. Veja exemplos de quem segue o "anjo bom da Bahia"
Jackson era grande demais para um pandeiro Jackson era grande demais para um pandeiro
Em pouco tempo, Jackson do Pandeiro deixou claro que não se tratava apenas de uma voz a mais no cenário artístico pernambucano. Confira especial sobre o artista
Especial Novo Clima Especial Novo Clima
O inverno não é mais o mesmo. E nem o verão. Os efeitos da crise climática alteraram a rotina de milhares de cidadãos das grandes cidades. O JC traz reportagens especiais desvendando o "novo clima"

    SIGA-NOS

    LICENCIAMENTO

  • Para solicitação de licenciamento, contactar editores@ne10.com.br

Jornal do Commercio 2020 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE |

PRIVACIDADE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM