Jornal do Commercio
Notícia
Estimativa

Varejo online fatura R$ 3,2 bi na Black Friday, estima Ebit Nielsen

Montante representa um aumento de 23,6% em relação à edição de 2018

Publicado em 30/11/2019, às 17h00

Faturamento via mobile neste ano chegou a R$ 1,7 bilhão / Reprodução
Faturamento via mobile neste ano chegou a R$ 1,7 bilhão
Reprodução
Estadão Conteúdo

O varejo brasileiro online faturou R$ 3,2 bilhões na Black Friday de 2019, aponta levantamento da EbitNielsen. O dado é referente à receita registrada na quinta-feira, 28, e na sexta-feira, 29. O montante representa alta de 23,6% em relação à edição de 2018, quando as vendas somaram R$ 2,6 bilhões. O gasto médio por consumidor, no entanto, caiu de R$ 608 para R$ 602, queda de 1,1%.

"Os números da Black Friday comprovam que o evento já faz parte do calendário de compras do brasileiro, com crescimento ano a ano", disse a líder da EbitNielsen, Ana Szasz. "E as lojas mais tradicionais se mostraram mais preparados para o período promocional, ao entender o que o mercado queria", afirmou também

Além disso, as vendas confirmam a tendência de o consumidor adquirir a partir de dispositivos móveis. A EbitNielsen identificou que 55% dos pedidos foram feitos a partir de celulares, ante 35% em 2018.



Mobile

O faturamento via mobile neste ano chegou a R$ 1,7 bilhão, enquanto no ano passado foi de R$ 830 milhões, uma expansão de 95%. O tíquete médio para compras por esse meio foi de R$ 574, frente aos R$ 552 do ano anterior, alta de 4%.

"Já vínhamos falando ao longo do ano sobre "Mobile First" (dispositivos móveis em primeiro lugar) e de fato essa Black Friday se consolidou como o evento onde mais compras foram feitas por este formato. Garantir uma boa experiência mobile foi o diferencial para bons resultados", explica Ana Szasz.

 

 




Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.

OFERTAS

Especiais JC

Irmã Dulce e as lições que se multiplicam Irmã Dulce e as lições que se multiplicam
A Santa Dulce dos Pobres deixou um legado enorme por todo o país, e não poderia ser diferente em Pernambuco. Veja exemplos de quem segue o "anjo bom da Bahia"
Jackson era grande demais para um pandeiro Jackson era grande demais para um pandeiro
Em pouco tempo, Jackson do Pandeiro deixou claro que não se tratava apenas de uma voz a mais no cenário artístico pernambucano. Confira especial sobre o artista
Especial Novo Clima Especial Novo Clima
O inverno não é mais o mesmo. E nem o verão. Os efeitos da crise climática alteraram a rotina de milhares de cidadãos das grandes cidades. O JC traz reportagens especiais desvendando o "novo clima"

    SIGA-NOS

    LICENCIAMENTO

  • Para solicitação de licenciamento, contactar editores@ne10.com.br

Jornal do Commercio 2020 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE |

PRIVACIDADE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM