Jornal do Commercio
investimento

Fábrica de metais sanitários é inaugurada em Vitória de Santo Antão

A unidade gera 300 empregos diretos

Publicado em 02/04/2014, às 09h55

 /
Do JC Online
Com informações da repórter Adriana Guarda e do Blog de Jamildo

Com investimento de R$ 44 milhões, o grupo espanhol Roca inaugura nesta quarta-feira (2) a primeira fábrica de metais sanitários da companhia na América Latina, em Vitória de Santo Antão. O governador Eduardo Campos e o presidente da Roca, Joan Jordà, descerraram a placa inaugurativa. A unidade gera 300 empregos diretos.

O empreendimento tem capacidade para gerar, por ano, 1,5 milhão de metais sanitários, como chuveiros, duchas e torneiras. No Brasil, o grupo tem um faturamento de R$ 944 milhões.

Só em 2014, o grupo pretende iniciar oito linhas completas de produção para torneiras, misturadores e acessórios para banheiros. Pelo menos 150 pessoas devem ser empregadas no primeiro ano de funcionamento da fábrica. Serão 300 quando ela toda estiver funcionando.



Esta é a primeira fábrica de metais sanitários do grupo no Nordeste e produzirá equipamentos das marcas Roca e Celite. Em Pernambuco, o grupo já possui uma fábrica da Celite para construção de louças sanitárias, que funciona no Curado.

A unidade foi construída em um terreno de 50 mil metros quadrados, dos quais só a fábrica e a unidade de armazenagem ocupam 10 mil metros quadrados. Existe a possibilidade de ela ser expandida para 15 mil metros quadrados.





Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

JC 100 anos JC 100 anos
Para marcar os 100 anos de fundação, o JC publica este especial com um panorama do que se passou neste período em que o jornal retratou o mundo, com projeções de especialistas sobre o que vem por aí e com os bastidores da Redação do Jornal do Commercio
Sozinha nasce uma mãe Sozinha nasce uma mãe
Uma palavra se repete na vida dela: sozinha. Porque estava sozinha na gravidez. Sozinha na hora do parto. Sozinha nas primeiras noites de choro. Sozinha nos primeiros passos. Sozinha no registro civil. O JC conta histórias de luta das mães sozinhas
Segunda chance - Caminhos para ressocializar Segunda chance - Caminhos para ressocializar
Eles saem das prisões, mas as prisões não saem deles. Perseguem-nos até o final de suas vidas. Como uma condenação perpétua. Pena. Eles lamentam. Mas precisam seguir. E neste difícil caminho da ressocialização, o trabalho é uma espécie de absolvição.

    SIGA-NOS

    LICENCIAMENTO

  • Para solicitação de licenciamento, contactar editores@ne10.com.br

Jornal do Commercio 2019 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE |

PRIVACIDADE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM