Jornal do Commercio
desgaste

Rachadura no Eixo Norte da Transposição do Rio São Francisco

A estrutura não resistiu à força da água e rompeu causando vazamento no trecho entre os reservatórios do Tucutu e de Terra Nova

Publicado em 09/02/2016, às 13h45

Conclusão da transposição prevista para 2017 / Foto: JC Imagem
Conclusão da transposição prevista para 2017
Foto: JC Imagem
Do JC Online
Atualizada em 11.02.2016, às 9h40

A estrutura de concreto do aqueduto do terceiro trecho do Eixo Norte da transposição do Rio São Francisco apresentou vazamento no último sábado. Reportagem do Jornal Hoje, da Rede Globo, mostrou que o equipamento não resistiu à força da água e se rompeu, causando vazamento no trecho entre os reservatórios do Tucutu, localizado em Cabrobó, e de Terra Nova, ambas no Sertão pernambucano.

O consórcio responsável pelo trecho, formado pelas empresas Carioca Engenharia, Serveng Civilsan e S.A. Paulista, conseguiu interromper a vazante, mas novas avaliações serão feitas no local. As obras, atualmente orçadas em mais de R$ 8 bilhões, devem ser concluídas em 2017. A previsão inicial era de que a obra custasse R$ 4,5 bilhões. 



Iniciadas em 2007, a primeira previsão era de que as obras ficassem prontas em 2010. Foram adiadas para 2012, 2015 e 2016. O serviço é considerado um dos mais importantes do País na área de abastecimento por porque vai levar água para 390 municípios nos Estados de Pernambuco, Paraíba, Rio Grande do Norte e Ceará que sofrem ciclicamente com a estiagem.

Para os pernambucanos, a falta de repasses da União prejudicou outra obra de fundamental importância para 23 cidades do Semiárido: a Adutora do Agreste que, pelo cronograma original, deveria ter sido concluída este mês, o que não ocorreu por diminuição no repasse dos recursos federais.



Comentários

Por FABIO JERONIMO TRINDADE,14/02/2016

O Povo vota em que melhora sua vida. O Pobre não é burro, nem masoquista, felizmente.

Por Sávio,10/02/2016

E em Pernambuco tem gente que ainda vota no PT. Inacreditável. Único Estado que o PT não faz nada, veja outros Estados, cheio de serviços, não precisa ir longe veja a Trasnordestina, parado em Pernambuco e a todo vapor no Ceará. Cadê o não faz nada, Humberto Costa.

Por jose,10/02/2016

Esse tipo de falha não é admissível na construção civil, mas pode ocorrer por alguma falha de projeto e ou execução, o negócio é deixar encher todo canal e corrigir todos os defeitos de uma só vez, se ficar enchendo e quando aparecer qualquer vazamento parar para consertar vai levar muito tempo.

Por wilson krukoski ,09/02/2016

-Quando lemos algo sobre a Transposição do São Francisco, como as obras se estendem por diversos estados, sempre queremos saber onde aconteceu alguma coisa. -Neste sentido é que apresentamos nosso trabalho onde podemos ter uma visão geral (pelo Google Earth) por onde deverão passar as estas obras



Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Papai Noel o ano inteiro Papai Noel o ano inteiro
As luzes na cidade anunciam que o Natal já chegou. É nesta época do ano que o espírito natalino faz aflorar alguns dos sentimentos mais nobres. Agora iremos contar histórias de pessoas, organizações e empresas que fizeram da solidariedade missão de vida
Vida fit todo dia Vida fit todo dia
Apesar de a abertura do Verão no Brasil só acontecer em dezembro, no Nordeste há uma antecipação da data. Por esse motivo, que tal aproveitar esses meses de energia para cultivar bons hábitos e mudar o estilo de vida? Veja várias dicas de como se cuidar
BRT: E agora? BRT: E agora?
Ele está ferido, sofrido. Esquecido. E sem perspectivas de melhoria. Tem sobrevivido como é possível e, apenas pontualmente, esboça reações positivas. O sistema BRT, Bus Rapid Transit, tem sofrido de inanição em todo o País. E poderá se perder.

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2018 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM