Jornal do Commercio
Oportunidade

Maior Feirão do Mundo vende imóveis com até 30% de desconto

Estarão disponíveis unidades entre R$ 50 mil e R$ 4,5 milhões no Estado

Publicado em 07/09/2016, às 09h31

Na lista de opções, estão loteamentos, lançamentos, apartamentos prontos para morar e salas comerciais / Foto: Diego Nigro/ JC Imagem
Na lista de opções, estão loteamentos, lançamentos, apartamentos prontos para morar e salas comerciais
Foto: Diego Nigro/ JC Imagem
Da editoria de Economia

Com a promessa de descontos de até 30% na venda de imóveis, começou nessa terça-feira (6) o Maior Feirão do Mundo, que este ano acontece no RioMar, no Pina, Zona Sul do Recife, e no Shopping Boa Vista, na área central da cidade. Ao todo participam 12 construtoras, que estão colocando à venda unidades entre R$ 50 mil e R$ 4,5 milhões. Na lista de opções, estão loteamentos, lançamentos, apartamentos prontos para morar e salas comerciais.

Até a quinta-feira (8), o feirão irá acontecer no modelo “soft opening”. “Estávamos esperando um volume muito grande de clientes já com intenção de compra. Para atendê-los melhor, resolvemos concentrar essas negociações nos primeiros dias”, explica o sócio da Central de Vendas, realizadora do evento, Fábio Gueiros. Ele garante, no entanto, que outros compradores serão atendidos normalmente no período. 

A abertura oficial do evento no RioMar acontece na sexta-feira (9) e se estende até o dia 25 de setembro. No Shopping Boa Vista a abertura ocorre no dia 28 de setembro e as vendas seguem até o dia 15 de outubro.

Na edição do ano passado, o evento movimentou R$ 40 milhões em imóveis vendidos. Para este ano, a expectativa é um incremento de 30% nas vendas. “No ano passado estávamos no centro do furacão da crise. Agora as pessoas estão correndo atrás para comprar e as construtoras querendo se desfazer dos estoques para se concentrar em novos empreendimentos”, diz Gueiros. 



PREÇOS

Os estoques de imóveis estão tão elevados no Estado que eles correspondem a 50% das unidades ofertadas no evento neste ano. Segundo o Índice Fipe Zap (que analisa o valor dos imóveis anunciados nas principais cidades do País), o preço do metro quadrado no Recife já caiu 1,65% nos últimos 12 meses. O percentual é o terceiro maior do País, atrás apenas do Rio de Janeiro (-3,42%) e de Niterói (-2,42%).

O número de unidades vendidas também apresenta queda. Segundo o último Índice de Velocidade de Vendas (IVV), realizado pela Fiepe, as vendas caíram 40,6% em junho na comparação com o mesmo mês de 2015.

Se os números não são tão animadores para o setor, podem fornecer bons argumentos para os consumidores na hora de negociar os preços dos imóveis. No caso do Maior Feirão do Mundo, a promessa é que os compradores também possam ter contato com os diretores das empresas, além dos corretores, para conseguir condições especiais de desconto.




Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.

OFERTAS

Especiais JC

Reencontros Reencontros
A menina que salvou os livros numa enchente, o garoto que venceu a raiva humana, o médico que superou a pobreza, os albinos de Olinda e o goleiro de uma só perna foram personagens do projeto Reencontros, publicado em todas as plataformas do SJCC
Especial Nova Rotação Especial Nova Rotação
As cidades estão entrando em colapso. Refletem o resultado da mobilidade urbana convencional, um mal incorporado à sociedade e de difícil enfrentamento.Mas o momento de inverter essa lógica é agora. Criar uma nova rotação para as cidades, para as pessoas
JC Recall de Marcas 2019 JC Recall de Marcas 2019
Pitú e Vitarella são as marcas mais lembradas pelo consumidor pernambucano, de acordo com a edição 2019 do Prêmio JC Recall de Marcas. O ranking foi feito a partir de levantamento do Harrop Pesquisa para o Jornal do Commercio.

    SIGA-NOS

    LICENCIAMENTO

  • Para solicitação de licenciamento, contactar editores@ne10.com.br

Jornal do Commercio 2019 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE |

PRIVACIDADE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM