Jornal do Commercio
VOOS

Aeroporto de Serra Talhada deve receber voos comerciais ainda em 2017

Obras da pista foram concluídas, mas ainda há longo caminho pela frente

Publicado em 04/01/2017, às 07h01

Secretário de Transportes e de Turismo fizeram vistoria no aeroporto nesta terça-feira (3)  / Foto: Cortesia
Secretário de Transportes e de Turismo fizeram vistoria no aeroporto nesta terça-feira (3)
Foto: Cortesia
Da Editoria de Economia

O aeroporto de Serra Talhada, no Sertão do Estado, poderá receber voos comerciais a partir do segundo semestre deste ano. Essa é a previsão do governo do Estado. Nesta terça-feira (3), uma equipe da gestão realizou vistoria no local. As obras da pista – orçadas em R$ 6,5 milhões –foram concluídas, mas ainda há intervenções a serem feitas. Ao todo, o Estado deverá investir R$ 18 milhões na reestruturação.

Entre as intervenções ainda necessárias, estão a construção de um terminal de passageiros, a remoção de um lixão, que deve ficar a 13 quilômetros de distância do aeroporto, e a desapropriação de uma área de três hectares. 



“A Secretaria de Aviação Civil vai avaliar o projeto do terminal de passageiros. A construção do equipamento será feita com orçamento federal de R$ 35 milhões. Há outras pendências, a exemplo de quesitos de segurança: reservatório de água, carro de bombeiros e balizamento noturno”, explica o secretário estadual de Turismo, Felipe Carreras. 

Ainda segundo o secretário, a Azul tem planos de operar o voo Recife–Serra Talhada. A frequência ainda será definida, mas pode ser diária ou quatro vezes por semana. 



Comentários

Por Claudio Lemes Louzada,04/01/2017

Qual o comprimento, largura e resistência do piso asfáltico na nova pista de Serra Talhada???? Acredito que faz parte das informações mínimas além dos dados financeiros. Saudações,



Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Vida fit todo dia Vida fit todo dia
Apesar de a abertura do Verão no Brasil só acontecer em dezembro, no Nordeste há uma antecipação da data. Por esse motivo, que tal aproveitar esses meses de energia para cultivar bons hábitos e mudar o estilo de vida? Veja várias dicas de como se cuidar
BRT: E agora? BRT: E agora?
Ele está ferido, sofrido. Esquecido. E sem perspectivas de melhoria. Tem sobrevivido como é possível e, apenas pontualmente, esboça reações positivas. O sistema BRT, Bus Rapid Transit, tem sofrido de inanição em todo o País. E poderá se perder.
Especial educação Especial educação
E se você descobrisse que o futuro ligado às tendências que irão norteá-lo já chegou? O mundo hoje é um mar de oportunidades, para conhecimento, informação e inovação. Cada vez mais o profissional precisa evoluir. Por isso veja o caminho a seguir

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2018 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM