Jornal do Commercio
BEBIDAS

Cervejarias artesanais do Estado querem expandir negócios

Empresas querem expandir fábricas, produção e áreas de atuação

Publicado em 01/10/2017, às 06h01

Em seminário sobre cervejas artesanais, empresários criaram Apecerva / Foto: Felipe Ribeiro/JC Imagem
Em seminário sobre cervejas artesanais, empresários criaram Apecerva
Foto: Felipe Ribeiro/JC Imagem
Da Editoria de Economia

Como um bom exemplo de pernambucanidade, o mercado de cervejas artesanais local quer ser o maior em linha reta do mundo. Hoje, o produto corresponde a 0,7% do mercado nacional. A baixa representatividade é um incentivo para crescer. Algumas cervejarias artesanais do Estado já são pequenos gigantes que querem expandir a produção, atingir mais regiões do País e tornar o ambiente de negócios local mais favorável aos produtores, isso tudo mantendo a unicidade das cervejas artesanais.

A Ekäut, por exemplo, tem um plano de negócios ousado para os próximos três anos. Com a expansão da fábrica, quer saltar da produção atual de 20 mil a 30 mil litros por mês para 150 mil litros por mês. A partir de 2018, quer abrir 500 pontos de venda por ano. A intenção é consolidar a atuação no Nordeste e atingir o Sudeste do País. “O objetivo é chegar mais longe com mais qualidade, virar uma cervejaria com presença mais forte no País”, afirma um dos sócios da Ekäut, Diogo Chiaradia.

O crescimento é possível por causa do apoio de investidores locais, entre eles, a Ikewai, rede de desenho e desenvolvimento de negócios inovadores. “É um mercado de makers, parte da economia criativa. São cervejas sofisticadas, que criam comunidades ao redor delas”, afirma o chefe do Departamento de Mentiras Realizáveis da Ikewai e presidente do conselho do Porto Digital, Sílvio Meira. “Estamos investindo no projeto de fazer cerveja de classe e qualidade global. Os volumes ainda são locais, mas é uma solução, não um problema, significa que ainda tem muito a desenvolver e a conquistar”.



A Debron, criada em 2015, quer ampliar em 50% a capacidade instalada da fábrica, até o fim do ano. A produção vai sair de 40 mil litros para 60 mil litros por mês. “Temos clientes em todo o Nordeste. Também estamos com plano de expandir para o Sudeste”, comenta o cervejeiro da Debron, Thomé Calmon.

DADOS

O potencial de crescimento é grande. Segundo dados de 2016 do Instituto da Cerveja, o Brasil é o terceiro maior produtor de cervejas artesanais do mundo, cresceu 50% nos últimos dois anos, mas só ocupa 1% do mercado. Já os Estados Unidos abocanharam fatia de 12%.

Em Pernambuco, há 18 cervejarias com licença no Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, integrando um Arranjo Produtivo Local (APL) das Cervejarias Artesanais, de acordo com a Secretaria de Desenvolvimento Econômico do Estado. Em 2016, eram oito, o que representa um crescimento de 225%.

Para fortalecer a cadeia produtiva, empresários criaram a Associação Pernambucana de Cervejarias Artesanais (Apecerva).




Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.

OFERTAS

Especiais JC

Especial Nova Rotação Especial Nova Rotação
As cidades estão entrando em colapso. Refletem o resultado da mobilidade urbana convencional, um mal incorporado à sociedade e de difícil enfrentamento.Mas o momento de inverter essa lógica é agora. Criar uma nova rotação para as cidades, para as pessoas
JC Recall de Marcas 2019 JC Recall de Marcas 2019
Pitú e Vitarella são as marcas mais lembradas pelo consumidor pernambucano, de acordo com a edição 2019 do Prêmio JC Recall de Marcas. O ranking foi feito a partir de levantamento do Harrop Pesquisa para o Jornal do Commercio.
Especial Tempo de Férias Especial Tempo de Férias
O tempo das férias finalmente chegou e com ele os vários planos sobre o que fazer no período livre. O JC traz algumas dicas de como otimizar o período para voltar renovado do merecido descanso.

    SIGA-NOS

    LICENCIAMENTO

  • Para solicitação de licenciamento, contactar editores@ne10.com.br

Jornal do Commercio 2019 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE |

PRIVACIDADE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM