Jornal do Commercio
Liderança

Aeroporto do Recife lidera ranking de fluxo de passageiros no Nordeste

Pela primeira vez na história, o Aeroporto do Recife passa a liderar tal ranking

Publicado em 15/12/2017, às 07h45

O crescimento da movimentação de passageiros no Estado representou um aumento de 13,05% em relação ao ano passado / Foto: Guta Matos/JC Imagem
O crescimento da movimentação de passageiros no Estado representou um aumento de 13,05% em relação ao ano passado
Foto: Guta Matos/JC Imagem
Amanda Azevedo

O Aeroporto Internacional do Recife - Gilberto Freyre, na Zona Sul da capital pernambucana, assumiu a liderança do ranking de movimentação de passageiros no Nordeste pela primeira vez na história. De acordo com dados de um relatório da Empresa Brasileira de Estrutura Aeroportuária (Infraero), divulgado recentemente, o Aeroporto do Recife superou o de Salvador no fluxo de viajantes de avião durante o ano. Pernambuco chegou à marca de 7.009.895 passageiros até o mês de novembro, enquanto a Bahia recebeu 6.953.015 no mesmo período, uma diferença de mais de 56 mil viajantes.

O crescimento da movimentação de passageiros no Estado representou um aumento de 13,05% em relação ao ano passado, quando o Recife recebeu 6.200.767 pessoas. Outras praças fortes, como Salvador e Fortaleza, obtiveram 1,75% e 4,3% de crescimento, respectivamente.



Segundo dados da Infraero, a malha aérea de Pernambuco teve um aumento de 139% entre 2014 e 2017, saindo de 21 para 43 destinos. O Estado tem voos internacionais diretos para Lisboa (TAP), Montevidéu (Gol), Buenos Aires (Latam e Gol), Cabo Verde (TACV), Frankfurt (Condor), Cidade do Panamá (Copa Airlines), Miami (Latam), Milão (Meridiana), Orlando (Azul), Munique (Condor), Bogotá (Avianca) e Madri (Air Europa – a partir de 20 de dezembro). No próximo ano, Pernambuco contará com ligações para Córdoba (Gol e Azul), Rosário (Azul) e Fort Lauderdale (Azul). No território nacional, com a implantação do hub regional da Azul Linhas Aéreas, Pernambuco ganhou voos diretos para todas as capitais nordestinas e 45 ligações diárias para outros 22 destinos brasileiros.

Para o secretário de Turismo, Esportes e Lazer de Pernambuco, Felipe Carreras, o aumento de passageiros é resultado do trabalho do governo de Pernambuco, da Prefeitura do Recife e da parceria com a Infraero.“Pernambuco virou uma referência nacional com sua política de conectividade aérea e tem se destacado como nunca antes na captação de voos. As novas rotas têm atraído mais turistas e gerado um impacto econômico significativo.”

Nos dez primeiros meses de 2017, o Estado recebeu 4,8 milhões de turistas, que injetaram R$ 6,4 bilhões na economia.





Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Copa América no Brasil Copa América no Brasil
Confira a relação da Copa América com o Brasil, o histórico e detalhes da edição deste ano, na qual a seleção terá que se virar sem Neymar, cortado do torneio. Catar e Japão participam como convidados
O nome dele era Gabriel Diniz O nome dele era Gabriel Diniz
José Gabriel de Souza Diniz, o Gabriel Diniz, ou simplesmente GD como os fãs o chamavam, morreu precocemente, aos 28 anos, em um acidente com um pequeno avião no litoral sul de Sergipe ocorrido na segunda-feira, 27 de maio de 2019.
Conheça o udigrudi pernambucano Conheça o udigrudi pernambucano
O udigrudi pernambucano reuniu um grupo de talentosos jovens músicos que, na primeira metade dos anos 70, gravou discos absolutamente não comerciais, fez rock and roll na terra do frevo, produziu festivais, insistiram na permanência do sonho.

    SIGA-NOS

    LICENCIAMENTO

  • Para solicitação de licenciamento, contactar editores@ne10.com.br

Jornal do Commercio 2019 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE |

PRIVACIDADE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM