Jornal do Commercio
LOGÍSTICA

Empresas de logística vão instalar Centros de Distribuição em Jaboatão

DHL e Sequoia vão investir mais de R$ 10 milhões em Jaboatão e gerar 600 empregos diretos

Publicado em 11/05/2018, às 05h04

Representantes da Sequoia se reuniram com o prefeito de Jaboatão Anderson Ferreira / Foto: Divulgação
Representantes da Sequoia se reuniram com o prefeito de Jaboatão Anderson Ferreira
Foto: Divulgação
Da Editoria de Economia

Jaboatão dos Guararapes foi escolhida como a base para os Centros de Distribuição (CD) das empresas alemã DHL e a brasileira Sequoia, ambas voltadas para o setor de logística. O objetivo é expandir as atividades no Nordeste. Para isso, a Sequoia anunciou investimento inicial de R$ 10 milhões. A DHL não divulgou o valor que vai investir. A previsão é de geração de 600 empregos diretos.

As duas empresas vão ficar no condomínio logístico Armazenna, às margens da BR-101, em Jaboatão. Para se instalarem no município, vão receber redução do Imposto sobre Serviços de Qualquer Natureza (ISS), que varia entre 2% e 5%. Os valores ainda serão definidos.

“Nosso planejamento para 2018 é criar polos no município. Já criamos polo de call center. Agora, vamos desenvolver o polo logístico. Estamos planejando viagem a São Paulo e vamos procurar algumas empresas para vender o município. Jaboatão se destaca na área logística por causa de vários fatores, como a localização estrátegica”, afirma o secretario de Desenvolvimento Econômico, Sidnei Aires.



O projeto do polo logístico começa com a chegada da DHL e a Sequoia. A alemã conecta pessoas em 220 países através de serviços de gerenciamento, soluções de transporte e armazenamento. A empresa deve gerar 300 empregos, segundo a Prefeitura de Jaboatão.

Já a Sequoia é uma empresa paulista que oferece soluções logísticas. Atua em segmentos como moda, banco, educação, cosméticos e eletroeletrônicos. No Armazenna, vai começar em uma área de pouco mais de dois mil metros quadrados. Até o fim de 2018, pretende ocupar dez mil metros quadrados.

“Nosso plano é estar em todos os estados do Nordeste em até dois anos. As próximas etapas da expansão são Salvador e Fortaleza. No início, vamos contratar 140 empregados. As vagas serão divulgadas em faculdades e via agência de trabalho local. Nossa atuação é muito forte no Sudeste e Sul do País. Com a abertura do Nordeste vamos trazer para cá clientes ativos da nossa carteira. Estamos prospectando 200 clientes”, afirma o diretor consultivo e comercial para o Nordeste da Sequoia, Edward Montarroios.




Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.

OFERTAS

Especiais JC

Irmã Dulce e as lições que se multiplicam Irmã Dulce e as lições que se multiplicam
A Santa Dulce dos Pobres deixou um legado enorme por todo o país, e não poderia ser diferente em Pernambuco. Veja exemplos de quem segue o "anjo bom da Bahia"
Jackson era grande demais para um pandeiro Jackson era grande demais para um pandeiro
Em pouco tempo, Jackson do Pandeiro deixou claro que não se tratava apenas de uma voz a mais no cenário artístico pernambucano. Confira especial sobre o artista
Especial Novo Clima Especial Novo Clima
O inverno não é mais o mesmo. E nem o verão. Os efeitos da crise climática alteraram a rotina de milhares de cidadãos das grandes cidades. O JC traz reportagens especiais desvendando o "novo clima"

    SIGA-NOS

    LICENCIAMENTO

  • Para solicitação de licenciamento, contactar editores@ne10.com.br

Jornal do Commercio 2020 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE |

PRIVACIDADE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM