Jornal do Commercio
AVIAÇÃO

Azul realiza voo teste no Aeroporto de Serra Talhada

Aeroporto ainda aguarda a certificação da Anac e conclusão de obras complementares para iniciar as operações comerciais.

Publicado em 12/07/2018, às 07h05

Aeroporto de Serra Talhada passou por requalificação para receber aviões maiores / Foto: Divulgação
Aeroporto de Serra Talhada passou por requalificação para receber aviões maiores
Foto: Divulgação
Da Editoria de Economia

A companhia aérea Azul vai realizar voo teste para o Aeroporto Santa Magalhães, em Serra Talhada, no Sertão do Estado, hoje. A aeronave partirá do Recife às 12h25 e deve chegar no destino às 13h50. O retorno está programado para as 15h20. O objetivo é avaliar a operação no equipamento que passou por requalificações para receber aviões maiores. O Estado já investiu aproximadamente R$ 8 milhões no empreendimento. Apesar do teste, o aeroporto ainda aguarda a certificação da Anac e conclusão de obras complementares para iniciar as operações comerciais.

“Conversamos com a Azul e a Anac porque há possibilidade de fazer outros voos charter (transporte de carga ou passageiro fora da operação regular da companhia) enquanto a operação comercial não começa”, afirma o secretário de Transportes do Estado, Antônio Júnior.



A aeronave vai transportar 65 passageiros convidados. Entre eles, estão o ministro dos Transportes, Valter Casimiro, e técnicos da Anac e Infraero. Eles vão conferir o funcionamento da primeira Estação Meteorológica de Superfície Automática (EMS-A) movida à energia solar. O equipamento envia às aeronaves informações climáticas da região em tempo real e custou R$ 2 milhões.

Após a certificação da Anac, prevista para sair entre 45 dias e 50 dias, segundo o secretário Antônio Júnior, e a conclusão de obras de cerca e terraplanagem, a Azul vai iniciar voos da rota Recife-Serra Talhada em aeronaves modelo ATR 72-6000, que comportam até 70 clientes. O governo também aguarda a apreciação do projeto para terminal de passageiros definitivo, que vai receber investimentos de R$ 20 milhões do governo federal.





Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

JC 100 anos JC 100 anos
Para marcar os 100 anos de fundação, o JC publica este especial com um panorama do que se passou neste período em que o jornal retratou o mundo, com projeções de especialistas sobre o que vem por aí e com os bastidores da Redação do Jornal do Commercio
Sozinha nasce uma mãe Sozinha nasce uma mãe
Uma palavra se repete na vida dela: sozinha. Porque estava sozinha na gravidez. Sozinha na hora do parto. Sozinha nas primeiras noites de choro. Sozinha nos primeiros passos. Sozinha no registro civil. O JC conta histórias de luta das mães sozinhas
Segunda chance - Caminhos para ressocializar Segunda chance - Caminhos para ressocializar
Eles saem das prisões, mas as prisões não saem deles. Perseguem-nos até o final de suas vidas. Como uma condenação perpétua. Pena. Eles lamentam. Mas precisam seguir. E neste difícil caminho da ressocialização, o trabalho é uma espécie de absolvição.

    SIGA-NOS

    LICENCIAMENTO

  • Para solicitação de licenciamento, contactar editores@ne10.com.br

Jornal do Commercio 2019 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE |

PRIVACIDADE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM