Jornal do Commercio
NEGÓCIOS

Pernambuco ganha estudo sobre potencial econômico do mar

Levantamento realizado há mais de dez anos pela PWC em Portugal começa a ser feito no estado

Publicado em 07/12/2018, às 06h46

“Nossa intenção é mostrar que existe mais valor no mar quando se olha o conjunto das atividades
“Nossa intenção é mostrar que existe mais valor no mar quando se olha o conjunto das atividades", afirma o sócio da consultoria na cidade do Porto (Portugal), Miguel Marques.
Foto: Alexandre Gondim/ JC Imagem
LUIZA FREITAS

Pernambuco irá receber no primeiro trimestre de 2019 um importante estudo para ajudar a desenvolver os mais variados setores da economia que estão relacionados ao mar. Realizada pela consultoria PWC há mais de dez anos em Portugal, a pesquisa é pública, servindo de base para orientar ações de governo e empresas privadas sobre os desafios e potenciais negócios, que vão do turismo à extração de petróleo.

No Brasil, a primeira compilação de dados foi realizada no Ceará, que no ano passado ganhou a sua edição do “Leme”, como são chamadas as publicações da PWC a respeito do tema. “Nossa intenção é mostrar que existe mais valor no mar quando se olha o conjunto das atividades. Muitos negócios não vão adiante porque não olham o oceano como uma coisa maior, mais complexa e cheia de peculiaridades”, explica o sócio da consultoria na cidade do Porto (Portugal), Miguel Marques.

Em visita pela primeira vez a Pernambuco para tratar do tema, Marques se reúne hoje com representantes da Agência de Desenvolvimento Econômico de Pernambuco (AD Diper) e da Secretaria de Desenvolvimento Econômico do Estado, incluindo o arquipélago de Fernando de Noronha.



SETORES

Na publicação que trata do Ceará, foram analisados quatro grandes temas: portos, energia, pesca e turismo e lazer. Cada área é subdividida de acordo com suas variáveis, que podem estar em crescimento ou queda. A ideia do estudo é também, a partir de uma base comparativa ao longo do tempo, explicar o motivo da aceleração de cada setor.

Em Pernambuco, as áreas analisadas serão montadas de acordo com o que já é produzido no Estado – extração de petróleo, por exemplo, não será contemplada. “O nosso estudo será base para um diagnóstico do que está acontecendo nos negócios que usam o mar e chamar atenção sobre seus resultados”, afirma o sócio da PWC no Recife, Vinícius Rêgo. A previsão é que o estudo seja concluído em dois meses a partir do início da coleta dos dados.



OFERTAS

Especiais JC

Conheça o udigrudi pernambucano Conheça o udigrudi pernambucano
O udigrudi pernambucano reuniu um grupo de talentosos jovens músicos que, na primeira metade dos anos 70, gravou discos absolutamente não comerciais, fez rock and roll na terra do frevo, produziu festivais, insistiram na permanência do sonho.
Mãe Guerreira Mãe Guerreira
Junto com uma criança, nasce sempre uma mãe, que enfrenta inúmeros desafios para educar, acolher e dar o melhor aos filhos. Por isso, todas elas carregam em si a força e a coragem de verdadeiras guerreiras.
JC 100 anos JC 100 anos
Para marcar os 100 anos de fundação, o JC publica este especial com um panorama do que se passou neste período em que o jornal retratou o mundo, com projeções de especialistas sobre o que vem por aí e com os bastidores da Redação do Jornal do Commercio

    SIGA-NOS

    LICENCIAMENTO

  • Para solicitação de licenciamento, contactar editores@ne10.com.br

Jornal do Commercio 2019 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE |

PRIVACIDADE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM