Jornal do Commercio
INVESTIMENTO

Azul linhas áreas vai abrir nova base no Recife e gerar 300 empregos

Presidente da empresa vem a capital pernambucana para anunciar o novo investimento

Publicado em 08/02/2019, às 08h00

A base regional começa a funcionar em junho deste ano no Aeroporto dos Guararapes / Arquivo/JC Imagem
A base regional começa a funcionar em junho deste ano no Aeroporto dos Guararapes
Arquivo/JC Imagem
Editoria de Economia

A companhia aérea Azul vai instalar no Recife uma base para tripulantes de voo, que funcionará no Aeroporto Internacional dos Guararapes. A base, uma espécie de escritório regional da empresa, entre outras funções, dará suporte aos funcionários que fixarem residência na capital pernambucana, sobretudo pilotos e comissários que trabalham nas rotas integrantes do hub da Azul (centro de conexões de voos) que existe no Recife desde 2016.

O presidente do comitê executivo da Azul Linhas Aéreas, José Mário Caprioli, vai comunicar o investimento da empresa no Estado ao governador Paulo Câmara, na manhã de hoje (8), a partir das 9h, no Palácio do Campo das Princesas. Com a abertura do crew desk, como é chamado esse tipo de local para uso dos tripulantes baseados na cidade, a Azul espera gerar cerca de 300 novos empregos diretos dentro dos próximos 12 meses, sendo 110 pilotos e 190 comissários, além do pessoal administrativo. A nova instalação da Azul deve entrar em funcionamento em junho deste ano.



EMPREGOS

A Azul informou ainda que a abertura da base de tripulantes de voo no Recife faz parte do modelo de negócios da empresa e consolida o Recife como o principal centro de conexões da companhia no Nordeste. Antes da instalação do hub da Azul em Pernambuco, a empresa realizava 24 decolagens no Estado. Agora são 55 decolagens, com abertura de 20 novos mercados, incluindo quatro destinos internacionais.

A Azul é a maior companhia aérea do Brasil em número de decolagens e cidades atendidas. Em 2019, a companhia fará um robusto programa de renovação de frota com previsão de adicionar 21 aeronaves de última geração. Para John Rodgerson, CEO da Azul, essa substituição de aeronaves tem o objetivo de expandir as margens da empresa. "A Azul encerrou 2018 com uma frota de 20 aeronaves A320neo, que contribuem para uma receita significativamente maior. O custo por assento do A320neo é 29% menor do que o de nossa geração atual de aeronaves. Também estamos entusiasmados com a chegada da próxima geração de aeronaves Embraer E2, que fornecem uma redução de 26% no custo por assento comparado às aeronaves atuais”.


Palavras-chave


Comentários

Por Andrade,08/02/2019

Pessoal, acho melhor irem no site da Azul para verem sobre vagas de emprego. Dificilmente aqui alguém vai dar essa orientação

Por Mariado do Carmo,08/02/2019

Por favor me orientem onde posso deixar meu currículo. Quero fazer parte desta empresa.

Por wladimir,08/02/2019

senhores: onde e quando posso deixar meu curriculo na azul linhas aereas alguem pode informar . eu agradeço !



Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

JC 100 anos JC 100 anos
Para marcar os 100 anos de fundação, o JC publica este especial com um panorama do que se passou neste período em que o jornal retratou o mundo, com projeções de especialistas sobre o que vem por aí e com os bastidores da Redação do Jornal do Commercio
Sozinha nasce uma mãe Sozinha nasce uma mãe
Uma palavra se repete na vida dela: sozinha. Porque estava sozinha na gravidez. Sozinha na hora do parto. Sozinha nas primeiras noites de choro. Sozinha nos primeiros passos. Sozinha no registro civil. O JC conta histórias de luta das mães sozinhas
Segunda chance - Caminhos para ressocializar Segunda chance - Caminhos para ressocializar
Eles saem das prisões, mas as prisões não saem deles. Perseguem-nos até o final de suas vidas. Como uma condenação perpétua. Pena. Eles lamentam. Mas precisam seguir. E neste difícil caminho da ressocialização, o trabalho é uma espécie de absolvição.

    SIGA-NOS

    LICENCIAMENTO

  • Para solicitação de licenciamento, contactar editores@ne10.com.br

Jornal do Commercio 2019 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE |

PRIVACIDADE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM