Jornal do Commercio
Notícia
Capacitação

Pernambuco ganhará escola gratuita de eletricistas exclusiva para mulheres

Curso é voltado às mulheres a partir dos 18 anos e tem carga de 596 horas

Publicado em 19/08/2019, às 21h15

Nesta segunda-feira (19) foi lançada a primeira escola do grupo, na Bahia / Foto: Divulgação Neoenergia
Nesta segunda-feira (19) foi lançada a primeira escola do grupo, na Bahia
Foto: Divulgação Neoenergia
Lucas Moraes

Pernambuco irá ganhar uma escola gratuita de eletricistas exclusiva para mulheres até 2020. A unidade fará parte da rede de escolas que estão sendo implementadas nos estados de atuação do grupo Neoenergia (Bahia, Pernambuco, Rio Grande do Norte e São Paulo) para formação das profissionais na área e consequente contratação da companhia, a depender da demanda.

Nesta segunda-feira (19), a primeira escola foi lançada na sede da Coelba - companhia de distribuição da Neoenergia na Bahia. Antes, o grupo já mantinha 27 escolas de eletricistas para homens e mulheres no País, tendo 629 alunos formados e mais da metade contratados pela própria Neoenergia. "Temos cursos de eletricistas que misturam homens e mulheres, mas observamos que numa turma grande tinha em média duas ou três presenças femininas. Uma mulher eletricista era algo que ninguém acreditava, e hoje nós sabemos que isso é possível. As mulheres atuam nessa área e de forma capacitada", diz o diretor de gestão de pessoas da Neoenergia, Bruno Coelho.

Turmas em Salvador

Até 2020, a meta é chegar a 43 escolas e mais de 2 mil alunos formados, com pelo menos uma unidade exclusiva para mulheres também nos Estados onde a Neoenergia controla distribuidoras, incluindo Pernambuco. Em Salvador, a primeira escola abre com 25 vagas em quatro turmas. "Estamos inaugurando um novo investimento que gostamos de fazer: em pessoas. Mulheres têm que ter daqui para frente um papel de destaque. Podem entrar como eletricistas, mas vão percorrer essa empresa. Nos últimos anos temos investido na ordem de R$ 65 bilhões no Brasil, e temos um plano nos próximos cinco anos da ordem de R$ 25 a R$ 30 bilhões", garante o ceo da Neoenergia, Mario Ruiz.



Desse montante, segundo ele, 60% está voltado para o segmento de distribuição. Só em terras pernambucanas serão investidos algo em torno de R$ 1,2 bilhão por ano em meia década.

Carga horária

O curso de eletricista é voltado às mulheres a partir dos 18 anos e tem carga de 596 horas. Aprovadas no processo seletivo, as alunas adquirem as habilidades de eletricista instalador residencial e comercial, num primeiro módulo, além de eletricista de redes de distribuição, no segundo módulo. Na Bahia, o projeto conta com apoio do governo estadual e do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai).




Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.

OFERTAS

Especiais JC

Especial Nova Rotação Especial Nova Rotação
As cidades estão entrando em colapso. Refletem o resultado da mobilidade urbana convencional, um mal incorporado à sociedade e de difícil enfrentamento.Mas o momento de inverter essa lógica é agora. Criar uma nova rotação para as cidades, para as pessoas
JC Recall de Marcas 2019 JC Recall de Marcas 2019
Pitú e Vitarella são as marcas mais lembradas pelo consumidor pernambucano, de acordo com a edição 2019 do Prêmio JC Recall de Marcas. O ranking foi feito a partir de levantamento do Harrop Pesquisa para o Jornal do Commercio.
Especial Tempo de Férias Especial Tempo de Férias
O tempo das férias finalmente chegou e com ele os vários planos sobre o que fazer no período livre. O JC traz algumas dicas de como otimizar o período para voltar renovado do merecido descanso.

    SIGA-NOS

    LICENCIAMENTO

  • Para solicitação de licenciamento, contactar editores@ne10.com.br

Jornal do Commercio 2019 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE |

PRIVACIDADE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM