Jornal do Commercio
Notícia
Indoor

Diversão dentro de shoppings ganha espaço pelo País

Comodidade e segurança são os principais atrativos dos parques dentro dos shoppings

Publicado em 22/09/2019, às 08h40

A rede Game Station tem mais de 30 lojas e está presente nos principais shoppings do Grande Recife / Foto: divulgação
A rede Game Station tem mais de 30 lojas e está presente nos principais shoppings do Grande Recife
Foto: divulgação
JC Online

Protegidos de sol e chuva, os parques instalados dentro dos shoppings centers têm ganhado espaço no mercado da diversão. Classificados como Family Entertainment Center (FEC), tais serviços tem um apelo que vai além do lazer. "Eles têm se popularizado por estarem em um ambiente que oferece outras atividades e serviços", pontuou o presidente da Associação dos Parques de Diversões do Brasil (Adibra), Francisco Donatiello Neto.

Os principais malls do Grande Recife, por exemplo, contam opções indoor, como o Game Station. A empresa conta com mais de 30 operações, localizadas em Pernambuco, Paraíba, Bahia, Ceará, Alagoas, Rio Grande do Norte e Sergipe. São gerados mais de 500 empregos diretos.

Os Game Station não divulga o volume de visitação ou o faturamento, mas se mostra otimista com o mercado, fazendo novos investimentos. De acordo com a diretora executiva da rede, Paula Margolis, o pernambucano procura por comodidade e praticidade para o lazer. "Os dias de chuvas são os de melhor faturamento. Em dias ensolarados, competimos com praias, parques e atividades ao ar livre", disse Margolis.



 

Game Station no Recife. Foto: divulgação

 

Parques indoor

Outra opção que tem crescido, segundo a Adibra, são os parques indoor. Exemplo de cidade que tem investido nesse modelo é Gramado, no Rio Grande do Sul. Sensível às mudanças climáticas, a região tem recebido empreendimentos que oferecem diversos dentro de espaços controlados.

Sócia de cases de sucesso como o Snowland, a empresária Manu Costa anunciou recentemente que levará um Parque da Mônica para a cidade gaúcha. O investimento dela gira em torno de R$ 40 milhões e expectativa de receber 1.500 visitantes por dia. O empreendimento está em fase inicial de construção e deve ser inaugurado no segundo semestre de 2020.

 

Maquete do novo Parque da Mônica em Gramado. Imagem: divulgação 

 

"Gramado recebe mais de 6 milhões de turistas por ano. Queremos ser a opção segura e confortável para as crianças da região e que veem à passeio com os pais. Nosso pública será de 2 a 12 anos, numa área de 5 mil m² e mais de 30 atrações", afirmou Manu Costa.




Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.

OFERTAS

Especiais JC

Especial Nova Rotação Especial Nova Rotação
As cidades estão entrando em colapso. Refletem o resultado da mobilidade urbana convencional, um mal incorporado à sociedade e de difícil enfrentamento.Mas o momento de inverter essa lógica é agora. Criar uma nova rotação para as cidades, para as pessoas
JC Recall de Marcas 2019 JC Recall de Marcas 2019
Pitú e Vitarella são as marcas mais lembradas pelo consumidor pernambucano, de acordo com a edição 2019 do Prêmio JC Recall de Marcas. O ranking foi feito a partir de levantamento do Harrop Pesquisa para o Jornal do Commercio.
Especial Tempo de Férias Especial Tempo de Férias
O tempo das férias finalmente chegou e com ele os vários planos sobre o que fazer no período livre. O JC traz algumas dicas de como otimizar o período para voltar renovado do merecido descanso.

    SIGA-NOS

    LICENCIAMENTO

  • Para solicitação de licenciamento, contactar editores@ne10.com.br

Jornal do Commercio 2019 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE |

PRIVACIDADE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM