Jornal do Commercio
Notícia
RioMar Shopping

Saiba como renegociar suas dívidas no Caminhão Azul da Caixa

Nesta segunda, o caminhão estacionou no RioMar Shopping

Publicado em 21/10/2019, às 10h38

O atendimento que funciona nesta unidade móvel é exclusivo para clientes que estão com débitos em atraso há mais de noventa dias / Foto: Reprodução/TV Jornal
O atendimento que funciona nesta unidade móvel é exclusivo para clientes que estão com débitos em atraso há mais de noventa dias
Foto: Reprodução/TV Jornal
JC Online

O ‘Caminhão Você no Azul’ da Caixa Econômica Federal estacionou na manhã desta segunda-feira (21) no estacionamento do  RioMar Shopping para fazer renegociações de dívidas. Pessoas físicas e jurídicas podem fazer o acordo que vale para todo tipo de débito. O atendimento que funciona nesta unidade móvel é exclusivo para clientes que estão com débitos em atraso há mais de noventa dias.

Segundo Ricardo Tabatchnik, gerente regional da Caixa, o caminhão trará descontos de até 90% para que o cliente liquide sua dívida à vista e tenha seu nome retirado do Serasa. "A gente também pode ver, no caso do crédito imobiliário, se pode utilizar o Fundo de Garantia (FGTS) para abater na dívida, por exemplo", explicou Tabatchnik.



Para aqueles que queiram parcelar não haverá desconto, mas é possível estender as parcelas da melhor forma para o consumidor. Vai poder renegociar quem estiver com parcelas vencidas em vários tipos de operação de crédito como conta corrente, empréstimo pessoal, cheque especial, financiamento imobiliário entre outros.

Documentos

Para pessoas físicas basta levar o CPF. Para pessoa jurídica, é necessário o CNPJ. Quem não puder comparece ao RioMar também pode conseguir a renegociação em qualquer agência da Caixa, além do site negociardividas.caixa.gov.br




Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.

OFERTAS

Especiais JC

Irmã Dulce e as lições que se multiplicam Irmã Dulce e as lições que se multiplicam
A Santa Dulce dos Pobres deixou um legado enorme por todo o país, e não poderia ser diferente em Pernambuco. Veja exemplos de quem segue o "anjo bom da Bahia"
Jackson era grande demais para um pandeiro Jackson era grande demais para um pandeiro
Em pouco tempo, Jackson do Pandeiro deixou claro que não se tratava apenas de uma voz a mais no cenário artístico pernambucano. Confira especial sobre o artista
Especial Novo Clima Especial Novo Clima
O inverno não é mais o mesmo. E nem o verão. Os efeitos da crise climática alteraram a rotina de milhares de cidadãos das grandes cidades. O JC traz reportagens especiais desvendando o "novo clima"

    SIGA-NOS

    LICENCIAMENTO

  • Para solicitação de licenciamento, contactar editores@ne10.com.br

Jornal do Commercio 2020 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE |

PRIVACIDADE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM