Jornal do Commercio
Notícia
CRÉDITO

BNB direciona R$ 2,9 milhões do FNE para financiamento de startups

o FNE Startup, sub programa do FNE Inovação, deve começar a operar em janeiro de 2020

Publicado em 17/12/2019, às 19h09

A linha de crédito tem prazo de amortização de cinco anos, com seis meses de carência e 12 meses para pagamento do montante principal / Foto: Divulgação
A linha de crédito tem prazo de amortização de cinco anos, com seis meses de carência e 12 meses para pagamento do montante principal
Foto: Divulgação
Da Editoria de Economia

Do total de R$ 29,3 milhões previstos para o Fundo Constitucional de Financiamento do Nordeste (FNE) em 2020, R$ 2,9 milhões serão destinados pela primeira vez ao financiamento de startups. Os recursos fazem parte de nova linha de financiamento do Fundo, o FNE Startup, sub programa do FNE Inovação, que deve começar a operar já no mês de janeiro de 2020.

"Esse é um valor geral, que vai ser distribuído em função da demanda. Quem apresentar mais rapidamente os projetos, dentro das condições que o banco coloca, vai ter a possibilidade de financiar até R$ 200 mil com a nova linha do Banco do Nordeste", explica o superintendente do Banco do Nordeste em Pernambuco, Ernesto Lima Cruz.

Os financiamentos contemplarão aquisição de bens de capital, folha de pagamento, despesas de remuneração de estagiários, capital de giro - quando exclusivamente associado ao investimento - treinamento, capacitação, aluguel de equipamentos e outros bens e serviços necessários à viabilização do projeto de inovação. Também serão financiáveis despesas com coworking, prestação de serviços especializados, propaganda, publicidade e paid ads, bem como serviços de armazenamento de dados, a exemplo da contratação de serviços de Cloud Infrastructure (servidor, armazenamento, serviços de manutenção) e gastos relacionados à Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC).



“Até R$ 50 mil, demandados garantia fidejussória (pessoal). Acima disso, já demandamos garantias reais, com a possibilidade de vincular contratos de serviços das empresas”, detalha o superintendente.

CONDIÇÕES

A linha de crédito para as startups tem prazo de amortização de cinco anos, com seis meses de carência e 12 meses para pagamento do montante principal. As taxas deverão variar entre 2% a 3%, seguindo a regra do próprio FNE, com valor fixo atrelado à variação da inflação.

“A gente acredita que essa linha vá consumir toda a dotação. Sempre há a possibilidade de um acréscimo na dotação, mas isso vai dependendo da velocidade desses recursos serem colocados no mercado. A gente fica muito feliz em poder abrir esse flanco de financiamento para uma área que acreditamos que é o futuro das empresas e do próprio negócio do banco”, avalia Cruz.




Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.

OFERTAS

Especiais JC

Irmã Dulce e as lições que se multiplicam Irmã Dulce e as lições que se multiplicam
A Santa Dulce dos Pobres deixou um legado enorme por todo o país, e não poderia ser diferente em Pernambuco. Veja exemplos de quem segue o "anjo bom da Bahia"
Jackson era grande demais para um pandeiro Jackson era grande demais para um pandeiro
Em pouco tempo, Jackson do Pandeiro deixou claro que não se tratava apenas de uma voz a mais no cenário artístico pernambucano. Confira especial sobre o artista
Especial Novo Clima Especial Novo Clima
O inverno não é mais o mesmo. E nem o verão. Os efeitos da crise climática alteraram a rotina de milhares de cidadãos das grandes cidades. O JC traz reportagens especiais desvendando o "novo clima"

    SIGA-NOS

    LICENCIAMENTO

  • Para solicitação de licenciamento, contactar editores@ne10.com.br

Jornal do Commercio 2020 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE |

PRIVACIDADE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM