Jornal do Commercio
Notícia
Tributos

IPVA, DVPAT e multas: veja como ficar em dia com licenciamento 2020 em Pernambuco

Veículos podem circular com o CRLV 2019 até agosto deste ano, a depender da terminação da placa

Publicado em 03/01/2020, às 16h37

A circulação sem o porte do CRLV 2020 é considerado infração gravíssima / Foto: ILUSTRATIVA/Detran-PE
A circulação sem o porte do CRLV 2020 é considerado infração gravíssima
Foto: ILUSTRATIVA/Detran-PE
JC Online

Após as festas de Ano Novo passarem, as preocupações cotidianas voltam à tona logo no início do ano. Deixar o veículo particular em dia é uma delas. Por isso, o Departamento Estadual de Trânsito (Detran) já deu início ao programa de licenciamento 2020, que é composto pelo pagamento do Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA), taxas de bombeiros, licenciamento e seguro obrigatório (DPVAT), além da regularização de multas vencidas. Com estes itens pagos, o motorista pode solicitar a impressão do Certificado do Registro e Licenciamento de Veículos - CRLV 2020.

Leia mais: Confira o calendário de pagamento do IPVA 2020 em Pernambuco

Leia mais: Após liminar barrar redução, DPVAT 2020 já está sendo cobrado pelo mesmo valor de 2019

Os veículos com as placas que terminam em 1 e 2 podem circular com a CRLV 2019 até maio deste ano. Já os que terminam com placa com o final 3,4 e 5, até junho. No caso dos veículos com terminações em 6,7 e 8, o prazo e circulação se estende até julho. Para os veículos 9 e 0, o prazo dura até agosto.

A circulação sem o porte do CRLV 2020 é considerado infração gravíssima, com perda de 7 pontos na carteira e multa no valor R$ 293,47. Além disso, o veículo poderá acarretar na remoção do veículo para o depósito e as devidas taxas para a liberação.

Pagamento

O carnê de pagamento do tributo seguirá para o endereço dos proprietários pelos Correios ou acessando o site do Detran-PE e imprimir os boletos. O pagamento é relacionado as datas de pagamento do IPVA, que pode ser pago em cota única, com desconto de 7%, ou parcelado em três vezes. As datas observam o último dígito da placa do veículo. Neste caso, os proprietários das placas terminam com os números 1 e 2 devem realizar o pagamento do tributo a partir do próximo dia 7 de fevereiro.

A entrega do CRLV 2020 é feita de duas formas, sendo uma via Correios, para quem optar por pagar a taxa de postagem de R$ 18,62 em até 30 dias e a outra por meio de agendamento de atendimento para emissão do CRLV no site, onde é possível escolher o ponto de atendimento.

De acordo com o Detran-PE, o cidadão que optar por pagar a taxa de postagem poderá ainda rastrear o envio do CRLV 2020, depois de sua devida emissão, através do site do órgão. Para isso, é necessário digitar a placa do veículo na seção “Consultar Placa”, localizada na parte superior esquerda da página principal e depois clicar no botão “Detalhamento de débito” e lá na opção de “Localização de documento do veículo”.

IPVA

No mês de dezembro do ano passado, o governo do Estado divulgou o calendário de pagamento do IPVA 2020. No ano, o imposto terá redução média de 3,47% em 2020, em relação a 2019. Os carnês para efetuação do pagamento serão enviados pelo Departamento Estadual de Trânsito de Pernambuco (Detran-PE) a partir de janeiro ou poderão ser acessados no site do órgão.



O percentual é calculado conforme a variação de preços de mercado estipulada pela Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (FIPE), entre setembro e outubro de 2018 e setembro e outubro de 2019, além da composição da frota de veículos tributáveis de Pernambuco em setembro de 2019. No caso dos automóveis, foi registrada uma queda de 3,99%, enquanto que os ônibus/micro-ônibus tiveram uma depreciação de 4,15%.  Veja tabela:

DPVAT

Após o governo Federal tentar extinguir e, posteriormente, reduzir o valor do seguro em até 85%, - mas ser barrado, nas duas ocasiões, por liminares do Supremo Tribunal Federal (STF)- o seguro DPVAT será cobrado pelo mesmo valor de 2019. Com esta nova orientação, a Seguradora Líder, responsável pelo programa, já está realizando as cobranças do imposto por meio de seu site ou pelo Detran de cada Estado.

Multas atrasadas

A multas atrasadas não constarão no carnê de licenciamento, como ocorreu nos últimos dois sanos. Portanto, para pagar, o condutor precisa acessar o site do órgão, onde irá gerar o boleto com as multas vencidas já com juros e correção. Isso ocorre por que desde janeiro de 2017, em cumprimento da Lei Federal 13.281 sancionada em 2016, normatizada pelo Contran, que alterou o Código de Trânsito Brasileiro - CTB, calcula de forma automática através do site, os valores de multas vencidas com os devidos acréscimos de juros de mora, atualizado para pagamento no dia selecionado.

O Detran-PE informou que Os acréscimos se basearão na taxa referencial do Sistema Especial de Liquidação e de Custódia (Selic) para títulos federais acumulada mensalmente, calculados a partir do mês subsequente ao da consolidação até o mês anterior ao do pagamento, e de 1% (um por cento) relativamente ao mês em que o pagamento estiver sendo efetuado. As mudanças estão contidas na referida Lei, no artigo 284, inciso 4º.

Taxa de bombeiros

A Taxa de Prevenção e Extinção de Incêndios (TPEI), popularmente conhecida como Taxa de bombeiro, foi instituída pelo Governo do Estado por meio da Lei 7550 de dezembro de 1977. A taxa é calculada com base na área de construção e valor venal dos imóveis residenciais e comerciais.

O pagamento da taxa deve ser efetuado em cota única ou em 4 parcelas de igual valor, mediante Documento de Arrecadação Estadual que é recebido pelo contribuinte em casa. Não recebendo o documento para pagamento, é preciso solicitá-lo através do site bombeiros.pe.gov.br




Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.

OFERTAS

Especiais JC

Irmã Dulce e as lições que se multiplicam Irmã Dulce e as lições que se multiplicam
A Santa Dulce dos Pobres deixou um legado enorme por todo o país, e não poderia ser diferente em Pernambuco. Veja exemplos de quem segue o "anjo bom da Bahia"
Jackson era grande demais para um pandeiro Jackson era grande demais para um pandeiro
Em pouco tempo, Jackson do Pandeiro deixou claro que não se tratava apenas de uma voz a mais no cenário artístico pernambucano. Confira especial sobre o artista
Especial Novo Clima Especial Novo Clima
O inverno não é mais o mesmo. E nem o verão. Os efeitos da crise climática alteraram a rotina de milhares de cidadãos das grandes cidades. O JC traz reportagens especiais desvendando o "novo clima"

    SIGA-NOS

    LICENCIAMENTO

  • Para solicitação de licenciamento, contactar editores@ne10.com.br

Jornal do Commercio 2020 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE |

PRIVACIDADE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM