Jornal do Commercio
Notícia
CUSTO

Preço dos planos de saúde subiu 33% em três anos no Recife

Os planos de saúde fecharam o ano com alta de 8,3%, o dobro do IPCA na capital pernambucana

Publicado em 13/01/2020, às 19h30

Número de beneficiários em todo o País era de 47,087 milhões até o terceiro trimestre de 2019 / Foto: Arquivo/ Agência Brasil
Número de beneficiários em todo o País era de 47,087 milhões até o terceiro trimestre de 2019
Foto: Arquivo/ Agência Brasil
Da Coluna Olho Vivo

Atualmente inflação pode não ser a principal dor de cabeça dos brasileiros, mas alguns itens que compõem a cesta do IPCA (Índice de Preços ao Consumidor Amplo) sim. Os planos de saúde, por exemplo, fecharam o ano com alta de 8,3% e, embora isso sinalize um ritmo mais comedido do avanço, ainda representa o dobro do IPCA, que em 2019 fugiu ao centro da meta e encerrou em 4,31%.

Nos últimos três anos, o acumulado já é de 33,17% de alta na Região Metropolitana do Recife e, no que depender dos custos dos procedimentos médicos, essa diferença deve continuar em 2020. Um estudo da consultoria global Aon estimava que o Brasil fecharia 2019 com a variação dos preços no setor de saúde em 17%. Para este ano, a expectativa é de 15%, quando o FMI prevê um índice geral de 4,1%.



Para o ex-diretor da ANS, Elano Figueiredo, “há necessidade de se entender que as despesas com saúde possuem uma forte relação com o dólar e há um envelhecimento populacional invertendo a pirâmide etária”, o que pressiona os gastos com saúde e impacta o custo da base dos planos. Para o consumidor, fica mais difícil manter o serviço. Entre 2013 e 2018, a saúde suplementar perdeu no País 1,5 milhão de vínculos, chegando a 47,087 milhões de beneficiários até o terceiro trimestre de 2019.

Odontológicos

Por outro lado, quase 1,6 milhão de novos brasileiros passaram a ter planos exclusivamente odontológicos, até novembro. Esse tipo de plano já atende 25,8 milhões de vínculos no País e pode bater recorde de 26 milhões, com números totais de 2019.




Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.

OFERTAS

Especiais JC

Irmã Dulce e as lições que se multiplicam Irmã Dulce e as lições que se multiplicam
A Santa Dulce dos Pobres deixou um legado enorme por todo o país, e não poderia ser diferente em Pernambuco. Veja exemplos de quem segue o "anjo bom da Bahia"
Jackson era grande demais para um pandeiro Jackson era grande demais para um pandeiro
Em pouco tempo, Jackson do Pandeiro deixou claro que não se tratava apenas de uma voz a mais no cenário artístico pernambucano. Confira especial sobre o artista
Especial Novo Clima Especial Novo Clima
O inverno não é mais o mesmo. E nem o verão. Os efeitos da crise climática alteraram a rotina de milhares de cidadãos das grandes cidades. O JC traz reportagens especiais desvendando o "novo clima"

    SIGA-NOS

    LICENCIAMENTO

  • Para solicitação de licenciamento, contactar editores@ne10.com.br

Jornal do Commercio 2020 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE |

PRIVACIDADE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM