Jornal do Commercio
Notícia
PRAZO

Alcolumbre quer concluir votação da previdência no Senado até 10 de outubro

Segundo presidente do Senado, calendário de sessões deve ser mantido

Publicado em 28/08/2019, às 11h31

A leitura do relatório do senador Tasso Jereissati (PSDB-CE) é lida nesta quarta-feira (28) / Foto: Marcos Brandão/Senado Federal
A leitura do relatório do senador Tasso Jereissati (PSDB-CE) é lida nesta quarta-feira (28)
Foto: Marcos Brandão/Senado Federal
JC Online
Com informações do Estadão Conteúdo

Atualizada às 11h54

Em pronunciamento divulgado pelo Twitter oficial do Senado Federal, o presidente da Casa, Davi Alcolumbre (DEM-AP), defende a necessidade da aprovação da reforma da Previdência e afirma que o calendário de sessões deve ser mantido. Segundo o democrata, senadores devem votar a proposta em segundo turno até o dia 10 de outubro.

“A reforma é fundamental para o equilíbrio das contas, para a segurança jurídica, para o ajuste do déficit monstruoso relacionadas à previdência e para a justiça social. Através dela, todos os brasileiros, especialmente aqueles com maior remuneração, poderão contribuir com o país para que haja recursos para investir na saúde, educação e na segurança”, disse Alcolumbre.

Leitura do parecer

A Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado realiza nesta quarta-feira, 28, a leitura do relatório do senador Tasso Jereissati (PSDB-CE) sobre a reforma da Previdência. O parecer foi apresentado na terça-feira, 27, pelo parlamentar. A leitura é uma etapa necessária antes da votação da proposta na comissão, o que deve ocorrer no próximo dia 4. 



A mesma expectativa é compartilhada pelo líder do governo no Senado Federal, Fernando Bezerra Coelho (MDB-PE). Segundo ele, as alterações realizadas pelo relator trouxeram pontos positivos. "O governo vai apoiar a aprovação do relatório do senador Tasso Jereissati. Ele introduziu algumas mudanças, que, de certa forma, conferem ainda mais justiça ao texto aprovado pela Câmara dos Deputados e também coloca na PEC paralela a possibilidade de receitas adicionais. Portanto, o governo vai trabalhar para que o relatório possa ser votado na próxima quarta-feira aqui na CCJ”, disse o pernambucano.

Até o momento, 276 emendas foram apresentadas à PEC da Previdência no Senado, 124 delas entre terça e esta quarta-feira

O relator deverá dar um parecer sobre essas alterações até a votação da reforma na CCJ, na quarta-feira da semana que vem. Novas emendas ainda poderão ser apresentadas no plenário.




Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.

OFERTAS

Especiais JC

Especial Nova Rotação Especial Nova Rotação
As cidades estão entrando em colapso. Refletem o resultado da mobilidade urbana convencional, um mal incorporado à sociedade e de difícil enfrentamento.Mas o momento de inverter essa lógica é agora. Criar uma nova rotação para as cidades, para as pessoas
JC Recall de Marcas 2019 JC Recall de Marcas 2019
Pitú e Vitarella são as marcas mais lembradas pelo consumidor pernambucano, de acordo com a edição 2019 do Prêmio JC Recall de Marcas. O ranking foi feito a partir de levantamento do Harrop Pesquisa para o Jornal do Commercio.
Especial Tempo de Férias Especial Tempo de Férias
O tempo das férias finalmente chegou e com ele os vários planos sobre o que fazer no período livre. O JC traz algumas dicas de como otimizar o período para voltar renovado do merecido descanso.

    SIGA-NOS

    LICENCIAMENTO

  • Para solicitação de licenciamento, contactar editores@ne10.com.br

Jornal do Commercio 2019 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE |

PRIVACIDADE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM