Jornal do Commercio
COPA DO MUNDO

Brasil mantém base do time, enquanto Bélgica vem com duas mudanças

Fellaini e Chadli são as novidades da seleção belga. Já o Brasil vem com Marcelo e Fernandinho entre os titulares

Publicado em 06/07/2018, às 14h21

Fernandinho será o titular do Brasil no meio de campo / Foto: CBF
Fernandinho será o titular do Brasil no meio de campo
Foto: CBF
JC Online

Como já tinha antecipado a escalação da seleção brasileira na coletiva de quinta-feira, o técnico Tite confirmou o retorno de Marcelo, na lateral esquerda, e a entrada de Fernandinho no lugar de Casemiro, suspenso pelo segundo cartão amarelo, para o duelo de logo mais, às 15h (horário de Brasília), contra a Bélgica, pelas quartas de final da Copa do Mundo.



Já o técnico espanhol, Roberto Martínez, fez o que era previsto e promoveu duas modificações na seleção belga, com as entradas de Fellaini e Chadli, nas vagas de Carrasco e Mertens. Com isso, a Bélgica vai jogar de maneira mais precavida, atuando com uma linha de quatro defensiva, coisa que não acontece desde outubro de 2016.

Confira as escalações de Brasil e Bélgica:





Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Vida fit todo dia Vida fit todo dia
Apesar de a abertura do Verão no Brasil só acontecer em dezembro, no Nordeste há uma antecipação da data. Por esse motivo, que tal aproveitar esses meses de energia para cultivar bons hábitos e mudar o estilo de vida? Veja várias dicas de como se cuidar
BRT: E agora? BRT: E agora?
Ele está ferido, sofrido. Esquecido. E sem perspectivas de melhoria. Tem sobrevivido como é possível e, apenas pontualmente, esboça reações positivas. O sistema BRT, Bus Rapid Transit, tem sofrido de inanição em todo o País. E poderá se perder.
Especial educação Especial educação
E se você descobrisse que o futuro ligado às tendências que irão norteá-lo já chegou? O mundo hoje é um mar de oportunidades, para conhecimento, informação e inovação. Cada vez mais o profissional precisa evoluir. Por isso veja o caminho a seguir

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2018 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM