Jornal do Commercio
Quilometragem

Croácia já percorreu quase a distância Recife-Fortaleza na Copa

Croatas estão na final da Copa do Mundo da Rússia

Publicado em 11/07/2018, às 23h00

Croácia busca inédito título / AFP
Croácia busca inédito título
AFP
JC Online

Finalista da Copa do Mundo da Rússia após bater a Inglaterra por 2x1 na semifinal, a Croácia chega à decisão na condição de time que mais esteve em campo e o que mais percorreu distâncias no Mundial. São 679 minutos em campo e 723 quilômetros percorridos pelos jogadores. Só para ter uma ideia, a distância completada pela Croácia daria para quase fazer a distância Recife-Fortaleza de carro. As duas cidades do Nordeste são separadas por 779 km de rodovias.

O meia Modric foi o que mais correu na Copa do Mundo. São mais de 63 km percorridos pelo atleta. Companheiro de Modric, Rakitic tem 62,85 km e é o terceiro que mais correu no Mundial. O segundo é o russo Zobnin, que fez 62,95 km. Mas o detalhe é que os croatas ainda irão jogar a final, no domingo.



Muito disso deve aos minutos jogados pela Croácia. Foram três prorrogações. Adversária da decisão, a França tem bem menos minutos em campo. São 580, quase cem a menos do que os croatas. Ou seja, a Croácia ficou uma partida inteira a mais do que a França em campo.

Apesar dessa campanha desgastante em termos físicos, a Croácia promete força na final. A entrega já foi vista nesta quarta-feira, quando os jogadores se recusaram a serem substituídos na prorrogação contra a Inglaterra. Diante da França, a entrega deve ser ainda maior, já que os balcânicos podem conseguir o inédito título do Mundial.


Palavras-chave




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Vida fit todo dia Vida fit todo dia
Apesar de a abertura do Verão no Brasil só acontecer em dezembro, no Nordeste há uma antecipação da data. Por esse motivo, que tal aproveitar esses meses de energia para cultivar bons hábitos e mudar o estilo de vida? Veja várias dicas de como se cuidar
BRT: E agora? BRT: E agora?
Ele está ferido, sofrido. Esquecido. E sem perspectivas de melhoria. Tem sobrevivido como é possível e, apenas pontualmente, esboça reações positivas. O sistema BRT, Bus Rapid Transit, tem sofrido de inanição em todo o País. E poderá se perder.
Especial educação Especial educação
E se você descobrisse que o futuro ligado às tendências que irão norteá-lo já chegou? O mundo hoje é um mar de oportunidades, para conhecimento, informação e inovação. Cada vez mais o profissional precisa evoluir. Por isso veja o caminho a seguir

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2018 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM