Jornal do Commercio
INÉDITO

Jovem Croácia festeja façanha ao se classificar para a final

A equipe da Croácia se mostrou incansável e bateu a França por 2x1 na prorrogação

Publicado em 11/07/2018, às 21h13

O zagueiro Vida brinca com o filho depois da classificação heróica da Croácia.  / AFP
O zagueiro Vida brinca com o filho depois da classificação heróica da Croácia.
AFP
Leonardo Vasconcelos

Vida que segue. Assim como a Croácia. Apesar do favoritismo inglês, foi a seleção croata que permaneceu na Rússia e domingo vai disputar pela primeira vez uma decisão de Copa do Mundo. No final do jogo de ontem, foi o zagueiro croata Domagoj Vida que recebeu o filho no gramado do estádio Lujniki, em Moscou, e veio a imagem que sintetizou a alma do momento: um país jovem, como o garoto, sorridente, ciente de estar fazendo história. Descalço e com a tradicional camisa quadriculada, o pequeno David Vida nem tinha noção do jogo de xadrez que seu também pequeno país terá pela frente diante da França domingo. Ele só queria festejar, assim como a Croácia. Merecidamente.

Com apenas 27 anos de existência, a Croácia, marcada por guerras, conquistou a sua vaga depois de uma verdadeira batalha em campo em que se mostrou incansável. Impressionantemente incansável. Mesmo depois de estar disputando a terceira prorrogação seguida, com todo o cansaço físico e psicológico, os jogadores exibiram uma garra e uma energia sem igual. “Eu queria tirar, mas ninguém queria sair”, disse o técnico Zlatko Dalic, ao explicar a “mágica” que fez com que os croatas corressem mais do que os ingleses no tempo extra. O detalhe é que a Inglaterra não tinha disputado nenhuma prorrogação até então e tinha poupado alguns titulares no último jogo da 1ª fase, contra a Bélgica.



Todavia, desta vez a seleção não precisou dos pênaltis para se classificar para a primeira final da sua história. Não precisou porque o atacante Mandzukic aos 3 minutos do segundo tempo extra desistiu de uma jogada e no segundo seguinte reuniu forças para acreditar nela e acertar um chute cruzado que estufou as redes inglesas. Explosão de alegria. Avalanche de jogadores. Embaixo deles um personagem inusitado. O fotógrafo salvadorenho Yuri Cortez, da agência francesa AFP, foi literalmente atropelado pelos atletas na comemoração do gol na beira do gramado. Assim como Mandzukic que achou um ângulo para acertar a bola, o fotógrafo achou um ângulo inusitado para registrar a festa.

PÉ FRIO

Só quem não ficou bem na foto em mais um Mundial foi o cantor Mick Jagger, dos Rolling Stones, que estava torcendo pelo English Team e mais uma vez viu a fama mundial de pé frio se cumprir.





Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Vida fit todo dia Vida fit todo dia
Apesar de a abertura do Verão no Brasil só acontecer em dezembro, no Nordeste há uma antecipação da data. Por esse motivo, que tal aproveitar esses meses de energia para cultivar bons hábitos e mudar o estilo de vida? Veja várias dicas de como se cuidar
BRT: E agora? BRT: E agora?
Ele está ferido, sofrido. Esquecido. E sem perspectivas de melhoria. Tem sobrevivido como é possível e, apenas pontualmente, esboça reações positivas. O sistema BRT, Bus Rapid Transit, tem sofrido de inanição em todo o País. E poderá se perder.
Especial educação Especial educação
E se você descobrisse que o futuro ligado às tendências que irão norteá-lo já chegou? O mundo hoje é um mar de oportunidades, para conhecimento, informação e inovação. Cada vez mais o profissional precisa evoluir. Por isso veja o caminho a seguir

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2018 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM